em

HahahaHahaha

Falta de apetite: Por que ela acontece e como tratar?

A falta de apetite pode ser confundida com o medo de comer e pode ser causada por outros problemas. Veja quais são!
falta de apetite
Designed by Freepik

Sentir falta de apetite quando está doente é um sintoma comum. Mas quando se está saudável, a tendência é sentir vontade de comer seus pratos favoritos.

O apetite é uma resposta do organismo ao bom funcionamento gastrointestinal, portanto, a falta de apetite não é uma condição normal e merece atenção de um médico. Veja quais são os sintomas que a acompanham, bem como as possíveis causas e tratamentos.

Aqui você encontra:

Sintomas de falta de apetite

A falta de apetite é diferente de quando não se tem vontade de comer porque está satisfeito. Não é apenas “não estou com fome agora”. É mais como não ter a menor atração por comer, nem mesmo a sua comida favorita, acabada de preparar.

Em alguns casos os sintomas chegam a ser de nojo pela comida, como se o corpo realmente estivesse recusando o alimento, e sem ter aquela sensação de vazio que nos faz querer comer.

Como resultado, depois de uma perda de peso não planejada, a pessoa pode evoluir para um quadro de desnutrição, o que é um problema de saúde grave, com sintomas de fraqueza, sonolência e irritabilidade, além do sistema imunológico fraco que abre portas para doenças.

O que pode causar a falta de apetite?

A falta de apetite é um tanto complexa para ser explicada em poucas palavras. A começar pelos casos de pessoas que sentem fome, mas passam o dia tão ocupadas que colocam o “comer” em modo automático. Ou seja, elas pensam ter falta de apetite, mas apenas não sobra tempo para prestar atenção no momento da fome e do ato de saborear uma refeição.

Portanto, pode-se dizer que uma rotina corrida faz com que a pessoa tenha uma desconexão com o momento da alimentação e por isso pense que tem falta de apetite.

1. Medo de comer

Outra questão muito importante a refletir é: você tem falta de apetite ou medo de comer e engordar? É muito importante conversar com seu médico sobre isso, porque existem muitas pessoas que não querem comer com medo de engordar e acabam “acostumando” a não sentir fome, como uma condição psicológica.

2. Doenças psiquiátricas

Da mesma forma outros problemas psicológicos afetam diretamente o apetite, além de doenças graves relacionadas ao ato de comer, como a anorexia, a bulimia e a ortorexia.

3. Problemas emocionais

Estar passando por problemas emocionais também é uma causa da falta de apetite. Sempre que nosso cérebro está focado em uma situação que cause angústia, medo ou estresse, o estômago fica com a sensação de paralisado: a fome simplesmente não acontece.

4. Doença agudas

As doenças agudas ocasionadas por infecção e virose também são causas da falta de apetite, pois o corpo está trabalhando para se recuperar do problema e, mesmo sendo necessária a ingestão de alimentos para fortalecer o organismo, a fome acaba ficando em segundo plano.

5. Medicamentos

Outra causa da falta de apetite é o uso de medicamentos controlados, como um efeito colateral que é temporário. É importante observar que, se esse efeito está levando muito tempo para passar, o médico deverá ser consultado para fazer alguma alteração na prescrição dos remédios.

Opção de tratamento

Como as causas da falta de apetite são muito variáveis, os tratamentos também o são. Se você está há alguns dias sem vontade de comer nada, é importante procurar um médico, mesmo que desconfie da causa.

Por exemplo, você sabe que não sente fome porque está passando por sérios problemas emocionais, mas ainda assim, depois de muitos dias o corpo começa a recusar a comida e você vai ter dificuldade de digerir mesmo uma pequena quantidade de alimento.

Esse fator pode dificultar a volta de uma alimentação normal, e portanto, um médico é a pessoa mais indicada para tratar o problema.

Se quiser estimular seu organismo por conta própria – no caso de não haver uma doença diagnosticada para justificar a falta de apetite – aposte em alimentos naturais e saudáveis, que venham direto da natureza. Evite doces, excesso de sal e frituras. Pratos leves e fáceis de digerir são a melhor opção.

Dica: Deixar de comer não é saudável

Mesmo com tanta informação na internet e em outros meios, ainda há quem pense que deixar de comer emagrece, portanto é algo bom. Mas não é. Todas as pessoas, sem exceção, necessitam comer para obter os nutrientes que as mantêm vivas e saudáveis.

Então, comer é um ato necessário e deve ser prazeroso, sim. O que precisa ser feito para que não haja medo de comer e engordar é uma reeducação alimentar. Assim, você só irá colocar no prato os alimentos que o seu corpo precisa para estar sempre saudável.

Veja quais são os melhores alimentos para abrir o apetite e ajudar no retorno da fome e do equilíbrio do seu organismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
inibidores de apetite naturais
Inibidores de apetite naturais: vença a luta contra a balança
chás que emagrecem e tiram o apetite
Confira 5 chás que emagrecem e tiram o apetite naturalmente