em

Meu Deus!Meu Deus! EstranhoEstranho TristeTriste

Depois de ereção de 2 dias homem tem parte do pênis amputado

A ereção de 2 dias foi tratada na hora, mas o procedimento que parecia ter sido um sucesso, teve complicações
ereção de 2 dias
Crédito: Freepik

Um homem indiano de 52 anos procurou o hospital King George’s Medical University, na cidade de Lucknow na Índia, pois seu pênis doía e estava ereto a 48 horas. A ereção de 2 dias foi tratada na hora, mas o procedimento que parecia ter sido um sucesso, teve complicações alguns dias depois e o homem acabou tendo parte do seu pênis amputado.

O caso de priapismo, nome dado a ereção involuntária prolongada, acabou sendo publicado no mês de abril pelo reconhecido periódico médico British Medical Journal.

Mil homens têm o pênis amputado por ano no Brasil

Por que homem teve pênis amputado depois de ereção de 2 dias

Quando passou pela primeira vez no hospital por causa de sua ereção de 2 dias, o homem de 52 anos passou por um procedimento simples. Já que o pênis estava muito inchado, os médicos usaram um bisturi para fazer um pequeno furo no órgão. Assim, foi possível que o sangue preso fosse drenado.

Com isso, o inchaço no órgão diminuiu, e foi colocado um cateter, feito um curativo compressivo e o homem recebeu alta do hospital.

Entretanto, após alguns dias o indiano voltou ao hospital pois a cabeça de seu pênis estava gangrenado. Isso dá-se quando a perda de sangue faz o tecido morrer, adquirindo uma coloração preta.

O homem então foi transferido para o Departamento de Urologia do hospital. Primeiramente os médicos retiram o cateter do órgão e fizeram uma cistostomia suprapúbica, para diminuir os riscos de infecções.

ereção de 2 dias
Crédito: Gaúcha ZH

Mas como a gangrena se espalhou ainda mais no dia seguinte, os médicos decidiram que a amputação do pênis era a única solução.

A causa da gangrena foi atribuída ao primeiro tratamento. Isso porque a junção do cateter no pênis e o curativo compressivo pode levar a gangrena nos casos de priapismo. Já o que levou o homem a ter o priapismo é desconhecida.

Após a amputação o homem recebeu alta do hospital em 2 dias. Além disso, após 3 semanas já conseguia urinar normalmente.

O pênis diminui com a idade?

O que é priapismo

O priapismo, é caracterizada por uma ereção involuntária e prolongada. Ela é causada por insuficiência de drenagem do sangue que enche os corpos cavernosos do pênis. O que leva ao priapismo pode ser relacionado a diversos motivos.

Entre eles, o uso de estimulantes sexuais que proporcionam a ereção prolongada, doença falciforme, medicamentos para anemia ou antidepressivos. Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, o tempo considerado normal para um homem ficar com o pênis ereto é no máximo de 3 horas.

Passado esse período é extremamente necessário que o homem vá a um pronto socorro imediatamente. Não cuidar do priapismo pode levar a impotência ou a amputação total ou parcial do pênis.

perda de olfato é associada a maior risco de mortalidade
Perda de olfato é associada a maior risco de mortalidade
tirar cravos com açúcar
Como tirar cravos com açúcar e ficar com a pele limpa