em

Conviver com cães diminui risco de morte em 30%

Um estudo realizado na suécia mostra que o seu melhor amigo peludo e de quatro patas é ainda mais especial
cães diminui risco de morte
Crédito: Pixabay

Os cães são os melhores amigos do homem há muitos séculos, afinal eles são extremamente companheiros e amam seus donos de modo incondicional. Mas conviver com cães não é apenas alegria, companheirismo e amor, conviver com cães diminui risco de morte em pelo menos 30%.

O cão não é apenas o melhor amigo do seu dono, mas também o melhor amigo da saúde do seu dono. É isso que descobriu um estudo realizado na Suécia, mostrando que o seu melhor amigo peludo e de quatro patas é ainda mais do que especial.

Entenda o estudo

O estudo realizado por cientistas da Universidade de Uppsala, na Suécia, descobriu que conviver com cães diminui risco de morte em pelo menos 30% em adultos com mais de 40 anos de idade. Para conseguir chegar a essa conclusão, os pesquisadores acompanharam a rotina de 3,4 milhões de suecos por 12 anos. Essas pessoas tinham idade entre 40 e 80 anos.

conviver com caes diminui risco de morte estudo
Crédito: Pixabay

Depois de mais de uma década de pesquisa e acompanhamento, os cientistas concluíram que os cães fazem bem à saúde dos seus donos, precisamente a do coração, diminuindo o risco de morte devido a doenças cardíacas.

Esse benefício é ainda maior entre as pessoas que vivem sozinhas. A presença de cães em seus lares diminui em 11% as chances de ter um infarto, a possibilidade de desenvolver uma doença cardíaca cai 36% e a probabilidade de morte cai em 33%.

cães diminuem risco de morte em pessoas
Crédito: Pxhere

As doenças do coração são as que mais matam no Brasil e no mundo. No Brasil, a cada uma hora 40 pessoas morrem por isso, totalizando mais de 300 mil em um ano. Elas também são responsáveis por mais de 80% dos atendimentos de emergências nos hospitais.

O motivo do porque o convívio com os cães diminui os riscos de morte de seus donos é apoio emocional que o animal proporciona, afinal eles são criaturas muito afetuosas e ligadas aos seus donos, e também a motivação para a prática de exercício físico.

cães diminuem risco de morte pesquisa
Crédito: Pxhere

Sair para passear com o seu cão vai além de diminuir as chances de morte e ter um infarto, já que o passeio também combate a pressão alta, colesterol, depressão e melhora a qualidade de vida. E também é um momento importante para o cão, para ele se socializar, ficar menos estressado e ansioso, não desenvolver doenças e não ganhar peso. O importante é fazer disso um hábito diário e as vantagens serão para os dois.

 

identificar o cavalo
Você consegue identificar o cavalo?
nhoque de batata
15 receitas de nhoque de batata para mudar o seu repertório culinário