em

Como cuidar de idosos

Veja como ter um cuidado eficiente e responsável com alguém que já viveu muito e tem necessidades específicas
dicas para cuidar de idosos
Crédito: Freepik

Cuidar de idosos nunca é uma tarefa simples. Dependendo do idoso, ele vai exigir cuidados muito específicos. Há quem esteja acamado, em cadeira de rodas, que possua demência ou outras doenças relacionadas à sanidade mental. O fato é que em 100% dos casos a pessoa que cuida de idosos não tem que se preocupar apenas com fazer companhia a eles.

Como cuidar de idosos

como cuidar de idosos dicas
Crédito: Freepik

Cuidar de idosos pode ser uma boa forma de pessoas aposentadas terem uma ocupação. Ou mesmo se você for jovem e gosta de ajudar os outros, é uma ideia.

Você pode começar com um familiar, um vizinho ou um conhecido que precisa de companhia. Essa é uma tarefa importante e que exige responsabilidade e cuidado, portanto esteja atento a algumas dicas.

1. Escolha formas diferentes de se comunicar

Cuidar de idosos exige um trato especial. Isso significa que você precisa encontrar a melhor forma de conversar com ele e fazê-lo entender o que você quer.

Às vezes, a linguagem dos jovens, com suas gírias, não é a melhor escolha. Além disso, gestos, imagens, sons também fazer parte da comunicação. Escolha o que mais pode te ajudar.

2. Seja paciente

Dizem que idosos são crianças grandes. Se isso é verdade, nessa idade eles se tornam um pouco intransigentes e teimosos. Tenha paciência e ganhe a atenção deles no carinho.

Seja persistente e resiliente. Se eles forem mais turrões, lembre-se de que não é apenas com você. Imagine o que eles não viveram para ficarem dessa forma?

Cada ruga conta uma história e ter empatia e firmeza é fundamental. Lembre-se, não é com você e sim uma característica que pode ter sido modificada com o tempo.

3. Crie rotinas

Quanto mais a pessoa avança na idade, mais a rotina se torna importante para ela. Dependendo do estado mental do idoso, então, sua mente pode ficar confusa facilmente com mudanças no dia a dia.

A criação de rotinas pode facilitar seu trabalho, seja para tomar remédios, se alimentar ou mesmo dar aquele passeio. Anote tudo que você e o idoso precisam saber, para não haver confusão.

Mantenha um quadro com a rotina, garantindo que tudo sairá como esperado.

4. Estimule independência

Algumas pessoas desenvolvem limitações com a idade. Para cuidar de idosos, é importante também estimular que ele desenvolva autonomia.

Não precisa ser nada grande, pequenas coisas podem ajudá-los. Isso melhorará a autoestima e até a mobilidade da pessoa.

5. Evite acidentes

Cuidar significa proteger. Portanto, prepare um ambiente livre de possíveis quedas, esbarrões ou quaisquer objetos que possam representar algum perigo à integridade física do idoso.

Se possível, instale barras nos locais onde há mais acidentes, como banheiros, e coloque piso antiderrapante no caminho por onde ele costuma passar.

6. Proporcione momentos de diversão

Descubra o que o idoso gosta de fazer, o que lhe agrada. Faça programas que lhe tragam bem-estar.

A velhice não tem que ser passada em frente à TV. Pense em jogos e atividades lúdicas que exercitem a mobilidade e a mente do idoso.

7. Converse

Você não está lá somente para limpar e alimentar. A conversa faz parte do tratamento, ajudando na prática do processo cognitivo e até motor.

Aproveite para aprender um pouco com a experiência deles e, quem sabe, dar boas risadas juntos.

8. Façam atividades físicas adequadas

O idoso não pode passar o dia sentado, senão os músculos atrofiam. Boas caminhadas ajudam bastante, mas existem outras opções.

Se ele tiver condições, que tal levá-lo a aulas de dança de salão com outros da mesma faixa etária? Hidroginástica também é uma excelente opção.

9. Banhos e hidratação

Os banhos podem ser um desafio para o cuidador, a depender das condições do idoso. Se ele ainda consegue se locomover normalmente e quer se banhar sozinho, instale equipamentos de segurança no banheiro para garantir que não caia.

Se houver necessidade da sua ajuda, vale a pena investir algum tempo estudando as melhores formas, seja através de pesquisa ou até mesmo de um curso.

Lembre-se de que o idoso tende a ter a pele mais ressecada, então capriche no hidratante depois do banho.

10. Banho de sol

Sim, o sol é fundamental para a saúde de todos e não seria diferente para eles.

Saiam de casa ao menos uma vez ao dia, com uma camiseta sem mangas e as pernas de fora, para pegar bastante sol. Lembre-se que a vitamina D precisa disso para ser processada no organismo.

Funções do cuidador de idosos

Se você quer trabalhar profissionalmente como um cuidador de idosos, não há muito mistério.

Como essa profissão exige muita responsabilidade, sua formação profissional deverá ser condizente. Ou seja: faça cursos na área que sejam aprovados pelo MEC e cursos secundários, como os de enfermagem, de primeiros-socorros e de nutrição.

A profissão de cuidador de idosos foi recentemente regulamentada no Brasil. Essa profissão, talvez mais do que a maioria, exige amor, vocação e muita empatia.

Mesmo se você venha a cuidar de um familiar, sem ser de forma profissional, não há como fugir disso. Afinal, a sua preocupação é a vida e o bem-estar de outra pessoa.

Saiba mais sobre essa profissão no vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
castanha-do-pará
Benefícios da castanha-do-pará
coisas que seu cachorrro deseja
13 Coisas que seu cachorro queria que você soubesse