em

Cólera: o que é, sintomas e transmissão

Se você achava que essa doença não existia mais, é importante saber como ela pode ser transmitida e tomar cuidado
cólera
Crédito: Freepik

Talvez você se lembre de ter estudado ou ouvido das pessoas mais velhas sobre os surtos de cólera que ocorreram entre 1817 e 1923. Essa doença parece não fazer mais parte do presente, mas infelizmente ainda é. A cólera é uma doença transmitida pela bactéria Vibrio choleare e que causa infecção intestinal.

Todos os anos essa doença mata entre 28 mil e 142 mil pessoas no mundo todo, o que é muita gente. Isso acontece porque quando ela contamina uma pessoa, pode matar em poucas horas. Por isso que a prevenção é tão importante e simples também. Veja a seguir quais são os sintomas, como é a transmissão, quais são os exames de diagnóstico, o tratamento e a prevenção.

Sintomas de cólera

sintomas de cólera
Crédito: Freepik

A partir do momento em que uma pessoa contrai a bactéria da doença, ela pode levar entre 2 horas e 5 dias para começar a sentir os sintomas. Vai depender da situação do seu organismo, se está forte ou não.

Inclusive, em pessoas com o sistema imunológico bem fortalecido, pode acontecer de nem surgirem sintomas e o organismo combater a doença em pouco tempo. Entretanto, nas pessoas mais sensíveis, os sintomas são graves, como por exemplo:

1. Diarreia

A diarreia causada pela bactéria da cólera é intensa, de cor acinzentada e bem aguada, parecendo uma água de arroz.

2. Dores estomacais com vômito e náusea

Outra reação do organismo na tentativa de reagir contra a bactéria é causar fortes dores estomacais, náuseas e vômitos.

3. Desidratação e perda de peso

Como consequência da diarreia e do vômito, o corpo perde muito líquido e pode rapidamente ficar desidratado. Logo, a perda de peso também acontece. Esse é um sintoma muito grave.

4. Hipotermia

A temperatura do corpo reduz bastante e a pessoa sente calafrios, muita fraqueza e chega a perder a voz.

Modo de transmissão

transmissão de cólera
Crédito: Freepik

A bactéria da cólera infecta água e alimentos sujos. Ou seja, as pessoas que vivem em regiões sem saneamento básico correm grande risco, pois a água que teve contato com as fezes de um doente vai voltar para a casa de outras pessoas sem ser tratada e ainda vai estar com a bactéria.

Então, é preciso que higienize muito bem, com cloro e água tratada, todos os alimentos antes de comer. Mesmo os que forem cozidos ou congelados. E a água deverá ser fervida antes de beber, caso não haja outra opção. O tratamento correto do lixo também é importante.

Pessoas com falta de ácido gástrico, que viajam para locais de risco, que possuem sangue tipo O e que comem frutos do mar sem saber a procedência também possuem maior chance de serem infectadas.

Exame para diagnosticar a cólera

diagnóstico da cólera
Crédito: Freepik

Assim que perceber mais de um dos sintomas da doença, o paciente deverá ser imediatamente levado ao hospital. O médico irá perguntar se teve algum contato com área sem saneamento básico, como é a água que consome e se higieniza bem os alimentos.

O exame de fezes é o que vai apontar a presença da bactéria no organismo e ele será feito em seguida. Esse é o exame feito em um caso isolado, mas é o principal.

Tratamento

tratamento para cólera
Crédito: Freepik

Depois que o paciente chega ao hospital com os sintomas de diarreia e vômito, a primeira coisa a fazer é hidratá-lo com soro. Se depois de reidratado o próprio organismo não conseguir matar as bactérias, então poderão ser administrados medicamentos antibióticos.

Jamais deverá usar medicamentos por conta própria, pois existem tipos de antibióticos específicos para cada tipo de doença. Nem deve-se usar remédios na intenção de parar a diarreia, pois essa é a forma que organismo encontra de expulsar a doença. Ela precisa acontecer. O que se pode fazer é dar ao paciente soro caseiro.

Prevenção da cólera

como prevenir cólera
Crédito: Freepik

Como você viu, a doença é transmitida pela água e pelos alimentos mal higienizados. Logo, a melhor forma de prevenção é somente utilizar água tratada e tomar muito cuidado com o que vai comer. Lave muito bem os alimentos, deixe os vegetais de molho em água fervida já fria com 1 colher de sopa de cloro por 5 minutos e depois enxágue em água fervida e fria outra vez.

Pessoas que forem viajar para regiões de risco, que sabem que não vão encontrar saneamento básico, devem ser vacinadas e tomar ainda mais cuidado com o que vão comer e beber.

É importante manter as mãos sempre bem lavadas, ferver a água antes de beber, evitar comer na rua e de onde não se conhece a procedência do alimento e nem usar gelo desconhecido nas bebidas, pois a bactéria sobrevive ao congelamento.

Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

manga engorda ou emagrece
Manga engorda, sim ou não?
doença de chagas o que é
Doença de Chagas: o que é, sintomas e transmissão