em

Para que serve e como fazer chá de moringa

A moringa é chamada de “carne verde”. Saiba por que e conheça o chá feito a partir dela.

Cha de moringa
Créditos: Public Domain Pictures

O chá de moringa reúne muitos nutrientes, e apesar disso, existem algumas medidas a serem tomadas ao utilizar essa bebida. Ela é rica em cálcio, ferro, potássio e vitaminas A e C. É frequentemente comparada a alimentos como leite, espinafre, banana e laranja, mas pode fazer muito mal ao fígado se consumida em excesso.

Benefícios do chá de moringa

cha de moringa beneficios
Créditos: Vibra Saúde

A planta da moringa contém aproximadamente 90 nutrientes e 45 antioxidantes diferentes. Por isso ela é chamada até de “carne verde”, pois é capaz de compor a alimentação.

1. Embeleza e regenera a pele

Por ser rica em antioxidantes que combatem os radicais livres, a moringa é capaz de regenerar a pele e mantê-la saudável. Você pode utilizar óleo de moringa na pele e nos cabelos promovendo hidratação e proteção dos raios UV.

2. Combate à anemia

A moringa é riquíssima em ferro, o qual ajuda a reforçar o sistema imunológico e combater a anemia. Existem cápsulas de moringa à venda em farmácias que ajudam o paciente a recuperar-se de uma anemia.

3. Emagrece

A moringa é capaz de promover o emagrecimento devido ao seu poder de acelerar o metabolismo. Essa capacidade ajuda a queimar a gordura localizada de forma natural, além de ajudar a perder mais calorias em uma maior velocidade.

4. Cicatrizante

Essa planta também é capaz de ajudar na cicatrização, pois é anti-inflamatória, fazendo com que as lesões estejam mais livres de impurezas e cicatrize com mais facilidade.

O chá da moringa também promove benefícios como:

  • Melhoria da pressão arterial e da glicose;
  • Reduz o colesterol;
  • Melhora as dores nas articulações;
  • Combate à asma;
  • Fortalece o sistema imunológico, os ossos e os músculos;
  • Estimula o crescimento dos fios de cabelo;
  • Proporciona energia;
  • Melhora a memória e a capacidade de aprendizagem;
  • Combate os tumores;
  • Promove melhores noites de sono;
  • Age como desintoxicante do organismo
  • Combatente do envelhecimento precoce.

Emagrece?

cha de moringa emagrece
Créditos: Groupon

As folhas de moringa são compostas por um antioxidante chamado de ácido clorogênico. Essa substância age no controle dos níveis de açúcar no sangue e como um agente que queima gorduras.

Os efeitos do chá de moringa foram comprovados por especialistas no diz respeito à redução do peso. Além de facilitar a reeducação alimentar, também acelera o metabolismo e ajuda a queimar gordura corporal.

Como fazer

Para fazer o chá de moringa, a forma mais comum é como uma infusão normal. Uma colher de sopa da planta seca para um litro de água, depois ferva por até 5 minutos, deixe esfriar um pouco e já está pronto para consumir.

Como e quando tomar

cha de moringa tomar

Créditos: BBC Good Food

O chá de moringa é feito com as folhas e pode ser consumido diariamente por pessoas de todas as idades. Além disso, você pode utilizar as folhas de moringa para salada, refogar e também como complemento para pratos quentes. O sabor da folha de moringa lembra agrião, levemente picante.

Contraindicações e cuidados a ter

Até hoje nunca foram registrados efeitos colaterais com o uso da planta por meio de suas folhas frescas. Porém, altas doses das folhas podem ser tóxicas e não se deve usar uma quantidade muito grande.

O chá de moringa não pode ser ingerido por mulheres que estejam grávidas porque a planta traz o risco de aborto.

Quem sofre com problemas relacionados à pressão arterial, coração, fígado ou rins deve consultar um médico antes de utilizar a moringa. A mesma indicação serve para quem usa algum tipo de medicamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0

Comentários

comentários

termogênicos naturais

Os 8 melhores termogênicos naturais e como consumi-los

radiofrequência

Radiofrequência: o que é, para que serve e riscos