em

Chá de alcachofra: benefícios e como fazer

Essa planta é usada há milhares de anos para efeitos medicinais. Veja no que o seu chá pode ser útil
chá de alcachofra
Crédito: Pixabay

A alcachofra é uma planta muito saudável, que pode ser consumida em sua forma natural, retirando as “pétalas” da sua flor para comer cruas ou cozidas. Também pode-se fazer o chá comprando uma mistura das folhas, caules e raízes, além de ser encontrada como suplemento em forma de cápsulas. Agora você vai saber mais sobre os benefícios e como preparar o chá de alcachofra.

Benefícios do chá de alcachofra

O nome científico dessa planta é Cynara scolymus e ela oferece uma grande variedade de vitaminas e minerais ao organismo, resultando em benefícios para vários órgãos e sistemas. Veja os principais:

1. Desintoxicação do fígado

Esse é um dos efeitos mais populares, utilizado há milhares de anos pelos povos egípcios, romanos e gregos. Os extratos da planta contribuem com a proteção das células do fígado contra toxinas, a reduzir a gordura acumulada no órgão e estimulam a produção de bílis, ajudando o órgão a cumprir melhor a sua função de limpeza do sangue.

2. Controle do colesterol alto

O colesterol alto acontece quando o tipo de colesterol LDL fica preso em excesso nas paredes das artérias, provocando sua obstrução. O chá de alcachofra, junto de uma dieta saudável, estimula o metabolismo desse colesterol, prevenindo que ele se acumule nas artérias.

3. Melhora da digestão

Esse chá também ajuda a “quebrar” as gorduras ingeridas e melhorar sua digestão. Por ter muitas fibras, o intestino também será beneficiado, melhorando a absorção de nutrientes para o sangue. Sendo assim, acaba colaborando ainda para o tratamento de doenças como a Síndrome do Intestino Irritável.

4. Renova as células

Ter células saudáveis no corpo todo é essencial para ter boa saúde. Quando as células estão oxidadas, elas adoecem e também aumentam o risco de surgirem doenças graves no organismo, como as doenças crônicas, as inflamações e até aumentam o risco de câncer, que é justamente a proliferação descontrolada de células doentes. Por ser rico em antioxidantes, o chá da alcachofra contribui para essa renovação celular no corpo inteiro.

5. Contribui com o emagrecimento

Não há um efeito emagrecedor específico oferecido pela alcachofra, mas todas as suas propriedades benéficas atuam a favor do emagrecimento. Quando toma o chá diariamente em conjunto com uma dieta saudável e a prática de atividade física, consegue absorver melhor todos os nutrientes ingeridos, além de contar com mais fibras, vitaminas e minerais. Quando o corpo está bem-nutrido e funcionando corretamente, a perda do excesso de gorduras ruins é uma consequência.

Como fazer o chá?

como fazer chá de alcachofra
Crédito: Pixabay

Para fazer o chá de alcachofra, compre um pacotinho que tenha um mix de folhas, caules e raízes desidratadas da planta. Então, misture entre 50 e 100 gramas dessa mistura em 1 litro de água recém-fervida e deixe em repouso por 10 minutos. Depois é só coar e beber ao longo do dia.

Como e quando tomar?

Como cada organismo possui suas particularidades, o ideal é que faça uso do chá de alcachofra com acompanhamento médico, de acordo com o motivo pelo qual quer tomar dessa bebida. Assim, o médico irá saber caso sinta algum efeito colateral e também se os resultados estão acontecendo conforme o esperado.

De modo geral, para manter a boa saúde, pode tomar uma xícara ao dia, junto de uma dieta balanceada e um estilo de vida saudável. Precisa manter o equilíbrio em todos os aspectos para se beneficiar do chá, e não apenas bebê-lo enquanto sua dieta é rica em alimentos industrializados e de má qualidade.

Efeitos colaterais

Esse chá tem algumas contraindicações, como para pessoas que sofrem com pedras nos rins ou tenham outro tipo de doença renal. Também devem evitar o chá as pessoas que já sabem ter alergia a plantas.

Para gestantes e lactantes, é melhor consultar o obstetra antes de tomar o chá, por motivo de segurança, embora não haja informações concretas para sua contraindicação, mas também não há liberação.

As dicas desse artigo não substituem a consulta ao médico. Cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. Para fazer uso eficiente da planta, deve aliar a uma dieta saudável e à prática de atividades físicas regulares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
alcachofra
Para que serve a alcachofra
Como fazer desinfetante caseiro natural: 6 receitas