em

Castanha-de-caju engorda ou emagrece?

Confundir os tipos de gordura faz muita gente deixar de aproveitar alimentos muito saudáveis

castanha-de-caju engorda
Crédito: Pxhere

A castanha-de-caju é, na verdade, a fruta caju. Toda aquela parte maior, carnuda e suculenta, é o pseudofruto. Denominações à parte, a castanha-de-caju é um fruto oleaginoso, assim como a castanha-do-pará, a noz, a macadâmia e a avelã. Está presente atualmente em todas as dietas por ser um fruto muito saudável, saboroso e versátil. Então, o que faz tantas pessoas pensarem que castanha-de-caju engorda? Tem um motivo.

Castanha-de-caju engorda?

será que castanha-de-caju engorda ou não
Crédito: Pxhere

Uma das tantas propriedades nutricionais que a castanha-de-caju oferece é a gordura saudável. Os ácidos graxos são tipos de gorduras insaturadas, ou seja, que não causam danos à saúde cardiovascular, como o aumento do colesterol e da pressão.

Quem não conhece a diferença entre os tipos de gorduras, acaba pensando que todas são prejudiciais à saúde cardiovascular e estimulam o acúmulo de gordura retida no corpo. Essa gordura boa atua na proteção dos órgãos e até ajuda da redução dos triglicérides, o que é bom em especial para pessoas com diabetes.

Então é justamente ao contrário. Em vez de pensar que castanha-de-caju engorda, agora sabe que ela ajuda a emagrecer. É claro que para obter os bons resultados da castanha no seu corpo, vai precisar incluí-la em uma dieta saudável, natural e equilibrada.

Propriedades nutricionais

A castanha-de-caju fornece uma grande quantidade de nutrientes essenciais à saúde. Veja o que contém em 100 gramas torrada e salgada, segundo a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO):

  • Energia: 570 kcal;
  • Proteína: 18,5 g;
  • Lipídeos: 46,3 g;
  • Colesterol: não aplicável;
  • Carboidratos: 29,1 g;
  • Fibra alimentar: 3,7 g;
  • Cálcio: 33 mg;
  • Magnésio: 237 mg;
  • Fósforo: 594 mg;
  • Ferro: 5,2 mg;
  • Potássio: 671 mg.

Como comer castanha-de-caju

Pelo fato de que a castanha-de-caju está bastante popular, em especial nos cardápios prescritos por nutricionistas, está cada vez mais fácil de encontrá-la nos mercados já em pacotinhos, torradinhas, prontas para comer.

Também é possível comprar a farinha de castanha-de-caju para utilizar em diversas receitas de bolos, pães, bolachas, panquecas, crepes, mingau e muitas outras. Se quiser pode triturar as castanhas em casa, seja para fazer sua farinha caseira ou extrair o leite vegetal.

Pode comer as castanhas puras, misturar com outras oleaginosas, aveia e passas para fazer uma granola, depois misturar no iogurte, fazer barrinha de cereais caseira e usar para cobrir bolos, tortas, sorvetes e muitas outras sobremesas.

Em receitas salgadas, a castanha-de-caju também vai muito bem. Combina com molhos, saladas, arroz, massas e carnes.

Agora que já sabe que é um mito dizer que a castanha-de-caju engorda quando você a consome com receitas saudáveis, veja no vídeo abaixo como é fácil fazer a sua bebida vegetal de castanha-de-caju:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

pele perfeita

Como ter uma pele perfeita: 15 hábitos para começar hoje mesmo

psyllium

Psyllium: o que é, benefícios e como usar