em

O que é e como cuidar do cabelo orgânico? Saiba tudo

Quem não está feliz com o cabelo natural pode optar por ter fios orgânicos. Já ouviu falar? Tire suas dúvidas

cabelo orgânico
Crédito: Freepik

Cuidar dos cabelos faz parte da rotina da maioria das mulheres. Mudar a cor, o tamanho e o formato dos fios, também. O problema é que nem todas conseguem fazer isso com muita frequência nos seus cabelos naturais e é aí que entram os apliques. Uma das opções mais comuns é o cabelo sintético, mas agora existe uma outra opção que é o cabelo orgânico.

O que é o cabelo orgânico?

O cabelo orgânico tem esse nome porque ele é um aplique feito de fibra biovegetal orgânica. Essa fibra permite que os fios criados sejam mais semelhantes aos naturais, podendo lavar, usar secador, chapinha, babyliss, tingir e fazer cronograma capilar com hidratação, nutrição e reconstrução. Tudo igual ao cabelo natural e ainda preservando melhor os fios naturais do que ocorre com o aplique sintético.

Como colocar?

como colocar cabelo orgânico
Crédito: Freepik

O cabelo orgânico deve ser colocado no salão por um profissional especializado. Existem diferentes métodos que funcionam muito bem, como por weaves, tic-tacs e telas. Há também quem aplique como mega hair, com queratina e com nó italiano. O ideal é que você vá ao profissional da sua confiança e converse com ele para saber qual é o método mais recomendado para o seu cabelo.

Como cuidar?

A primeira dica de cuidado é com a higienização do cabelo sintético. Não é recomendado lavá-lo todos os dias. Se você colocar o aplique costurando as mechas nos fios naturais, deve lavar uma vez por semana ou duas e dormir com coque para preservar melhor os fios.

Se o manter preso na cabeça por meio de tic-tacs, pode retirá-lo, lavar com xampu em água corrente, deixar de molho em uma mistura de amaciante com máscara hidratante por 10 minutos e deixar secar naturalmente para depois recolocar.

Quando for submeter o cabelo ao calor do secador, chapinha ou babyliss, deve ter o cuidado de manter a temperatura dos aparelhos entre 180ºC e 200ºC, evitando danificar as fibras.

Com o tempo, vai perceber que as pontas ficam mais grossas e e ásperas, como as pontas duplas dos fios naturais. Então, o ideal é aplicar um pouquinho de reparador de pontas ou glicerina líquida só nas pontas. Se os fios forem lisos, finalize com a chapinha para selar e deixá-los mais bonitos. Tomando todos os cuidados, a média de duração desse tipo de cabelo é de 2 a 3 meses.

Pode pintar?

Ele pode sim receber outras cores. Porém, a coloração deve ser feita apenas com tonalizante ou banho de brilho para garantir a melhor preservação dos fios, pois esses métodos são menos agressivos e também porque os fios não possuem as escamas para absorver a tintura.

Cabelo orgânico vs cabelo sintético

diferença cabelo orgânico ou sintético
Crédito: Freepik

São duas as principais diferenças entre os cabelos orgânicos e os sintéticos. A primeira é que o sintético não pode ter a sua forma alterada, ou seja, não pode usar secador, chapinha ou babyliss e nem mudar a cor.

A segunda é que aparência do fio orgânico fica muito mais bonita e natural. Já o fio sintético, mesmo recebendo um banho de queratina, logo fica com aparência de velho. Essas duas diferenças ocorrem justamente por causa da matéria-prima usada na confecção dos cabelos, sendo que o sintético é feito de fibra sintética de Kanekalon, muito usada nas tranças estilo jumbo e twist.

Média de preço

Por ter melhor qualidade, os cabelos orgânicos costumam ser mais caros do que os sintéticos. Seu preço varia bastante em cada salão, dependendo da região. Pode-se encontrar na média de R$ 80 por aplique ou entre R$ 600 e R$ 1.000 uma peruca completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

crise da meia idade feminina

Sinais e como lidar com a crise da meia idade feminina

torta de chocolate

8 Receitas de torta de chocolate para se deliciar