em

6 atitudes que destroem o fígado

Muitas vezes tomamos atitudes que não são saudáveis ao nosso organismo. Aprenda a evitar esses hábitos

Considerado o órgão mais importante do corpo humano, o fígado é responsável pela limpeza e por filtrar as toxinas de substâncias danosas, mas que devido a excessos, nem sempre consegue eliminar todos esses resíduos do nosso organismo.

E com o tempo, esse acúmulo tende a aumentar, sobrecarregando suas funções e danificando esse aparelho.

O consumo excessivo de álcool é um dos principais fatores, mas mesmo que você não consuma bebidas alcoólicas, existem outros hábitos de consumo que podem danificá-lo da mesma forma ou até pior.

Listamos abaixo 6 formas de destruir o fígado sem a ajuda do álcool:

1. Comida processada

Esse tipo de alimento recebe um tratamento químico para manter a aparência, textura e aspecto de sempre frescos e conservados por mais tempo. Geralmente, vem bombardeado de gordura e regados de conservantes a base de sódio, que causam dano oxidativo ao fígado, podendo juntar gordura no órgão e desenvolver cirrose.

2. Inatividade

Uma vida sedentária pode contribuir para o mau funcionamento do fígado, uma vez que ele também tem papel fundamental no processo digestivo. A prática de esportes e atividades físicas estimula o corpo a utilizar a energia dos carboidratos necessária, queimando o excesso.

3. Excesso de gordura corporal

A obesidade, combinada com o sedentarismo, pode gerar doenças como esteatose hepática não gordurosa (ou doença hepática gordurosa não alcoólica – DHGNA), essa é a resposta ao excesso de gordura acumulada no fígado, levando a uma inflamação e danos. Não tratada corretamente, tem o perigo de se transformar em câncer de fígado, cirrose ou falência do órgão, mesmo em um paciente que nunca tenha consumido álcool. Trata-se de uma doença silenciosa e que quando aparecem os primeiros sintomas, já se encontra em estágio avançado.

4. Altas doses de analgésicos

O uso excessivo de analgésicos como acetaminofeno, mais comumente conhecido como Tylenol, pode sobrecarregar as atividades do fígado, principalmente quando utilizado em combinação com o álcool. Esse medicamento é fácil de ser encontrado em farmácias e drogarias e é muito usado para curar as famosas ressacas após aquela noitada de bebedeira. Ressaltamos que a melhor opção nunca é beber em excesso, mas caso isso ocorra, a melhor escolha é pedir indicações de remédios a um médico.

5. Produtos para emagrecer

Extrato de chá verde, Lipokinetix e Hydroxycut e outros produtos que se dizem naturais, aumentam também a toxicidade do fígado. Por isso, fique de olho na promessa de emagrecimento rápido, lembre-se do velho ditado: quando a esmola é demais, o santo desconfia. Uma inflamação resultante do uso desse tipo de substâncias pode estar a caminho e sem aviso.

6. Outros medicamentos

Existem medicamentos que, ao serem usados em excesso ou continuamente, podem afetar o fígado. Por isso, nunca devemos tomar medicamentos sem prescrição médica.

 

Importante: as dicas do site não substituem uma consulta ao médico!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

O abandono é a pior de todas as doenças

Descubra um fascinante mundo em miniatura