em

Ácido fólico engorda: sim ou não?

Saiba mais sobre essa vitamina essencial para a saúde
ácido fólico engorda
Crédito: Pixabay

O corpo humano necessita, todos os dias, de uma combinação de nutrientes essenciais para manter a boa saúde. Esses nutrientes atuam em diversas funções que ajudam os sistemas, os órgãos e cada célula do corpo a funcionarem corretamente. Um desses nutrientes é o ácido fólico, também chamado de vitamina B9. Ele está naturalmente presente em vários alimentos e também pode ser consumido como suplemento e com recomendação médica. Mas mesmo sabendo da importância dele para a saúde, há quem tenha dúvida se a suplementação de ácido fólico engorda ou não. Se for o seu caso, tire a dúvida agora.

Ácido fólico engorda ou emagrece?

Se você pensa que o ácido fólico engorda, a verdade é exatamente o contrário. Esse nutriente, quando consumido na quantidade adequada e dentro de um plano alimentar saudável, ajuda a emagrecer, porque acelera o metabolismo. Ele contribui com a quebra de gorduras para que se transformem mais facilmente em energia, evitando que essas gorduras fiquem acumuladas no organismo.

Além do mais, o ácido fólico contribui com a saúde do sistema cardiovascular, ajuda a manter o sistema imunológico fortalecido, melhora o aspecto da pele, aumenta o bem-estar e é essencial para a formação cerebral do feto durante a gestação.

Dá sono?

Se uma pessoa consumir suplemento ou alimentos com ácido fólico em excesso e a longo prazo, há o risco de ter deficiência de vitamina B12 no organismo, o que pode levar à anemia. Um dos sintomas da anemia é o sono, pois a pessoa se sente fraca e fadigada. Então, somente nessa situação é que o ácido fólico pode dar sono. Para saber se está consumindo em excesso, precisa fazer um exame de sangue e mostrar ao seu médico.

Quem deve tomar?

tomar ácido fólico engorda
Crédito: Pixabay

Todas as pessoas devem consumir alimentos com ácido fólico diariamente, mas nem todas necessitam da suplementação dessa vitamina em forma de cápsulas. Aliás, a suplementação só deve ser usada com recomendação médica e nos seguintes casos:

  • Casais que desejam engravidar: como o ácido fólico é essencial para o desenvolvimento do feto, tanto a mulher quanto o homem podem tomar a suplementação antes mesmo de engravidarem, mas devem seguir as orientações do médico;
  • Crianças com deficiência dessa vitamina: quando a gestante não consumiu a quantidade necessária de ácido fólico ao longo da gestação ou se a criança não recebe essa vitamina em quantidade suficiente na sua alimentação diária, ela pode ter deficiência de ácido fólico, necessitando de suplementação ou o seu desenvolvimento será mais lento. O pediatra deverá recomendar o tratamento;
  • Pessoas com deficiência de ácido fólico: todas as pessoas precisam de ácido fólico diariamente para manter a boa saúde e prevenir a anemia. Mas quem não se alimenta com qualidade e acaba desenvolvendo a doença, pode precisar de suplementação, dependendo da gravidade do caso. O médico irá prescrever uma dieta com a quantidade necessária desse nutriente ao dia, mas se não for o bastante ele irá recomendar a suplementação.

Melhor momento para tomar ácido fólico

O ácido fólico é absorvido pelo organismo quando chega à parte superior do intestino delgado. Por isso, a recomendação geral é que o suplemento seja ingerido 30 minutos antes das refeições para que a absorção seja mais eficiente, evitando que se misture com todos os demais nutrientes que o corpo vai receber durante a alimentação. A quantidade diária depende de recomendação médica, pois varia conforme cada caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
feijão engorda ou emagrece
Feijão engorda ou emagrece?
limpar alumínio
Como limpar alumínio e deixar as panelas brilhando