fiado
Fotos: @docesbeijodeanjo

Vendedor de chocolates vende fiado por Pix e aumenta os lucros

Ele vendia roupas, mas percebeu que roupas não se compra todo dia, e chocolate sim

Publicidade

A gente sabe que está cheio de golpes por aí, inclusive o golpe do Pix e por todo tipo de vendas on-line. Mas, ainda assim, existem pessoas como Vinícius Rodrigues da Cruz, que investe em confiar na honestidade dos seus clientes, fazendo vendas fiado com pagamento por Pix sem garantia prévia de que irá receber.

A ideia de Vinícius parece bastante arriscada, já que não é fácil fazer vendas apenas na confiança. Mas, segundo o próprio, a estratégia tem dado certo. Vinícius vende chocolates no farol e diz que, mesmo fazendo fiado, os lucros aumentaram nos últimos meses.

“Dou uma prova de que a gente deve confiar no próximo. Acho que é com pequenas atitudes que a gente muda o país. Devemos começar de baixo pra cima, a partir da gente, e não o contrário”, explicou o empreendedor.

Veja também: Cliente volta na lotérica e devolve R$ 300 que caixa entregou por engano

Publicidade

Ir para o semáforo aumentou as vendas

Vinícius costumava vender os chocolates de porta em porta e pelos comércios do centro de Marília, em São Paulo. Mas, os negócios não estavam indo muito bem.

Então, ele teve a ideia de ir para o semáforo no período da noite e logo percebeu que tinha feito a coisa certa.

Como o semáforo fica fechado por apenas um minuto, Vinícius se programou para fazer a propaganda do doce no menor tempo possível, inclusive, aceitando pagamento fiado via Pix.

Publicidade

Aproveite e veja: Homem devolve Pix de R$ 275 mil que recebeu por engano e ganha recompensa

A maioria que compra fiado paga depois

Claro que Vinícius precisa lidar com as pessoas desonestas de vez em quando, que prometem pagá-lo via Pix e nunca pagam. Mas, ainda assim, ele conta que a grande maioria é confiável e ele sai no lucro.

“Já aconteceu de vender 70 pacotinhos em uma noite e cinco não pagarem, mas faço um balanço e consigo ter um lucro mesmo assim. No comércio, vendo três trufas por R$ 12. No sinal, são duas por R$ 10”, conta.

Publicidade

Um incentivador do empreendedorismo

Quando Vinícius saiu do Rio de Janeiro para tentar a vida em São Paulo, não foi fácil. Ele trabalhou vendendo outros produtos, como roupas, mas foi nos chocolates que ele encontrou uma fonte de lucro.

Foi em 2017 que Vinícius decidiu mudar para o ramo da alimentação, com a receita do doce que já fazia sucesso na família.

“A roupa ia bem, mas não é o que você compra todos os dias. Já o chocolate você pode comer hoje e amanhã também”, lembrou.

Publicidade

Aproveite e veja: Mulher tatua bombom Caribe e ganha 10 kg de chocolate da Garoto

Agora, com a renda familiar aumentando e podendo ter uma vida melhor, Vinícius segue incentivando as pessoas que encontra pela rua, mostrando que o empreendedorismo é para quem quiser.

Sempre animado e bem disposto, ele também desperta a empatia e a gratidão dos clientes ao dizer que confia na honestidade deles e por isso faz fiado. Veja o depoimento de um cliente feliz:

Publicidade
fiado
Imagem: Reprodução

Veja também: Gratidão e saúde: ser grato traz benefícios, diz estudo

Com informações de Marília Notícia

PODE GOSTAR TAMBÉM

canetas

Menino que vendia canetas virou milionário e ajuda comunidade onde cresceu

padre

Aos 83 anos, padre que largou a batina se tornou astro pornô gay