em

Como tirar risco de carro

Alguns riscos podem ser removidos com facilidade sem precisar gastar com pintura nova. Veja o que fazer
tirar risco de carro
Crédito: Unsplash

Seja porque você deixou o carro estacionado na rua ou sem querer errou a mão na hora de tirá-lo da garagem, é bem comum encontrar riscos na pintura da lataria. Mas mesmo sendo comum, não quer dizer que seja tranquilo, já que uma pintura riscada desvaloriza seu veículo. A boa notícia é que nem sempre você precisa levar o carro a um profissional para corrigir o dano. Veja como tirar risco de carro em casa.

Veja também: dicas para cuidar bem do carro e fazê-lo durar mais

Aqui você encontra:

3 Formas de tirar risco de carro

A pintura de um carro é composta por três camadas que são o primer, a tinta e o verniz. Então, o primeiro passo para tirar risco de carro é limpar o local riscado com um pano úmido para conseguir avaliar a profundidade do risco. Depois, confira as alternativas:

1. Marca superficial

Se o risco foi bem superficial, tipo unha de animal doméstico, chave ou botão de calça, você pode usar cera automotiva e uma flanela. Aplique um pouco de cera no pano e espalhe sobre o local do risco, como se estivesse lustrando. Se o dano for mesmo superficial, irá desaparecer sem mais esforço.

2. Marca média

Se o risco que você encontrou na pintura do seu carro não sair apenas polindo com a cera, quer dizer que é um pouco mais profundo do que imaginava. Nesse caso a sua aliada será a massa de polir. Essa massa é abrasiva, então precisa aplicá-la com cuidado para não piorar a situação. Coloque um pouco de massa sobre o risco e esfregue delicadamente com uma flanela para espalhar e ajudar a deixar a marca invisível.

3. Risco profundo

Já no caso de você perceber que o risco fez a pintura mudar de cor, quer dizer que ele atingiu a primeira camada, que é o primer. Então o jeito vai ser usar uma politriz. Esse equipamento deve ser usado por quem entende do assunto, pois é pesado e não pode ficar parado sobre a tinta.

Além da politriz, os profissionais do ramo também usam a lixa 200 que deve ser manuseada com cautela para evitar que remova a camada do verniz. Se isso acontecer, o carro vai ficar com uma mancha opaca e esbranquiçada, então se não tiver prática, a melhor opção é levar o carro para um profissional.

Se, ainda assim, o risco for profundo demais e não der para remover com as lixas, será necessário refazer a pintura. Procure por uma oficina de pintura bem recomendada, experiente no assunto e faça pelo menos três orçamentos antes de fechar negócio.

Aproveite e veja mais dicas de como cuidar da pintura do seu carro:

benefícios feijão guandu
Feijão guandu: o que é e benefícios
limpar azulejo de banheiro
Como limpar azulejo de banheiro – 10 métodos eficazes