tipos de pimentas comuns
Crédito: Pixabay
em

8 Diferentes tipos de pimentas

Provou um tipo de pimenta e gostou da ideia de colocar esse ingrediente nas receitas? Veja quais as mais comuns para provar

Pimentas são o tipo de especiaria que uns adoram e outros nem podem chegar perto, seja por não gostarem ou por serem alérgicos. De fato, é compreensível, já que o sabor das pimentas é forte. Porém, não são todas iguais. A variedade é bem grande, com muitas cores, formatos e ardências de muitos níveis. Se você só conhece as pimentas moídas, confira como são diferentes tipos de pimentas em seu formato natural e dicas de uso culinário para cada.

Veja também: receitas de molho de pimenta para fazer em casa

Tipos de pimentas e como as usar

Para medir o grau de ardência das plantas Capsium, que incluem as pimentas, é utilizada a Escala de Scoville, que leva o nome do seu criador, o farmacêutico norte-americano Wilbur Scoville. No ano de 1912 Wilbur desenvolveu um método que consiste em diluir a capsaicina, que é a substância que faz as pimentas arderem, em água com açúcar. Quanto mais é preciso diluir, mais forte é a pimenta.

Esse teste é usado até hoje para que você saiba, ao comprar, o quão ardida é cada pimenta. Então, veja quais são os tipos de pimentas mais comuns para fazer conservas e usar nas suas receitas, de acordo com o seu gosto.

1. Biquinho

tipo de pimenta biquinho

Para começar, a pimenta biquinho é uma opção menos ardida. Ideal se você estiver aprendendo a experimentar pimentas. Ela é redondinha com um biquinho na ponta, motivo pelo qual recebeu o nome. Ela é bem aromática e vai dar um toque especial aos seus molhos salgados. Por não ser muito forte pode até servir como petisco, em especial se ela estiver em conservas.

2. Dedo-de-moça

tipo de pimenta dedo-de-moça

Há quem confunda essa pimenta com outras que vai ver a seguir por causa do formato. A dedo-de-moça é uma pimenta brasileira que também é considerada mais suave. Pode ser adicionada à receitas salgadas e também doces. Se remover as sementes do seu interior o sabor fica bem menos ardido.

3. Malagueta

tipo de pimenta malagueta

Com aparência muito semelhante à dedo-de-moça, precisa ter muito cuidado para não confundi-las, já que a malagueta é uma das mais fortes. Para que não fique tão ardida, precisa cuidar com a dosagem utilizada. As receitas típicas do Nordeste levam essa pimenta, então ela é ótima para esses pratos mais condimentados.

4. Cumari

tipo de pimenta cumari

De formato redondinho e cor amarela ou vermelha, a pimenta cumari é forte e levemente amarga. Pode adicionar aos pratos do dia a dia, seu aroma não é tão forte, mas mesmo assim deve cuidar com a dosagem, pois pode acabar ressaltando demais o sabor e estragando o tempero da comida.

5. Jalapeño

tipo de pimenta jalapeño

De origem mexicana, essa é a pimenta mais usada nos pratos da culinária do México conhecidos no Brasil, como burrito, taco e guacamole. Também pode usar em saladas e outros pratos com carnes e molhos condimentados.

6. Habanero

tipo de pimenta habanero

Essa também é uma pimenta mexicana e é muito picante. Se já estiver pronto para subir de nível nos sabores ardidos, pode escolher esse tipo para experimentar. Até para manusear deve ter cuidado, pois se pegar na pimenta e depois esfregar os olhos, eles vão arder. Não se engane com o sabor adocicado dessa pimenta quando está madura, pois ela continua ardida.

7. Tabasco

tipo de pimenta tabasco

Essa é um tipo de pimenta média, bem suportável para quem ainda não está acostumado. É boa para consumir líquida por cima dos alimentos, assim pode ir dosando a quantidade conforme o gosto. Embora seja norte-americana é bem fácil de encontrar no Brasil.

8. Caiena

tipo de pimenta caiena

Certamente você já ouviu falar desse tipo de pimenta. Ela tem esse nome em homenagem à cidade de Caiena na Guiana Francesa. É muito usada para conservas e molhos, pois não é tão ardida e tem sabor levemente amargo.

Esse são apenas alguns entre muitos tipos de pimentas, mas o suficiente para você ir ao supermercado escolher e começar a experimentar. Pode comprá-las em forma de molho para incrementar pratos doces e salgados, também in natura, desidratadas e moídas. Além de adicionar um novo sabor às suas receitas, as pimentas são muito saudáveis. Consuma com moderação para conhecer seus limites e poder continuar experimentando.

Crédito das imagens: Plantei

almôndegas

20 Receitas de almôndegas para todos os gostos

limpar as lentes dos óculos

Como limpar as lentes dos óculos