tecido resistente a gato e cachorro
Crédito: PxHere
em

Como escolher tecido resistente a gato e cachorro para sofá e cortina

Você ama seus pets, mas fica desanimado pelo estrago que eles fazem nos móveis de tecido? Veja como resolver o problema.

Está planejando trocar de sofá ou de cortinas e quer escolher um tecido resistente a gato e cachorro para durar mais tempo? Então veja as dicas que vão ajudá-lo.

A gente sabe que ter cães e gatos é como ter crianças. Mesmo quando eles estão quietos, temos que ficar de olho se não estão aprontando.

Se você convive com seus pets dentro de casa então, precisa de atenção redobrada com os móveis, especialmente sofás e cortinas, que podem ser alvo das unhas dos bichinhos.

A boa notícia é que o problema de sofás e cortinas arranhados pode ser minimizado em larga escala se, além de ensinar bons hábitos aos animais, você escolher os tecidos certos. Veja agora quais são os mais e menos recomendados.

Veja também: como afastar os gatos das plantas — 6 dicas para testar em casa

Melhores tecidos para sofá

Além de arranhar tanto as laterais quanto o assento do sofá, os pets que ficam deitados no móvel acabam lambendo o tecido, deixando alguma sujeira que trouxeram da rua ou até arranham sem querer quando saltam para o chão.

Nesse caso, os tecidos mais recomendados para você ter no seu sofá são aqueles fáceis de limpar, com tramas bem fechadas e mais grossos. De preferência, que sejam também impermeáveis.

  • Sarja: é possível que o gato consiga colocar as unhas entre as tramas, mas dificilmente vai conseguir desfiar ou rasgar o tecido de sarja.
  • Suede: a trama do tecido suede é bem fechada, parece uma camurça, e é mais resistente do que a sarja. Além disso, ele já tem um desgaste natural de fábrica que ajuda a disfarçar algum rasgo.
  • Gorgurão waterblock: além de ter uma trama bem fechada e ser mais grosso, o gorgurão desse modelo (waterblock) recebe um processo de impermeabilização, que o deixa ainda mais protegido contra os estragos felinos e caninos.
  • Super nobuck: muito resistente, esse tecido fica aconchegante para a família, bonito na composição da decoração e não vai furar com arranhões de cães e gatos.

Melhor tecido para cortinas

Sobre as cortinas o problema maior é com os gatos, que gostam de se pendurar, seja para brincar, alongar ou afiar as unhas.

Eles preferem superfícies com tecidos de tramas mais abertas, facilitando que as unhas grudem. Então, aposte nas tramas bem fechadas ou mesmo lisas, como dedar e elitis nessas versões.

No caso dos cachorros, a cortina pode acabar sujando se estiver, por exemplo, na porta de uma sala que dê para a rua, por onde o cão passa muitas vezes. Então, mesmo que não danifique com rasgos, precisa ser um tecido fácil de lavar e secar.

Tecidos a evitar

Seja para sofás ou cortinas, o piores tecidos para ter em casa onde vivem gatos e cães são:

  • Linho;
  • Seda;
  • Chenille;
  • Veludo;
  • Corino;
  • Algodão;
  • Couríssimo.

Todos eles furam, rasgam ou ficam marcados com muita facilidade, então se não quiser se incomodar, só use esses tecidos em locais da casa que os pets não têm acesso ou contrate um serviço de impermeabilização de tecidos.

Dica: Impermeabilize seu sofá em casa

Se você tiver tempo, paciência e quiser economizar, pode fazer a impermeabilização do seu sofá em casa e manter o móvel mais protegido contra a sujeira dos pets. Veja como fazer no vídeo abaixo:

Agora que você sabe que é possível encontrar tecido resistente a gato e cachorro, não faça a próxima compra de sofá sem pensar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
escolher cortina

Como escolher cortina para valorizar os ambientes

fogão ou cooktop

Fogão ou cooktop: veja qual é a melhor opção para sua cozinha?