rosa trepadeira cuidados
Crédito: Freepik
em

Rosas trepadeiras: dicas de cultivo + fotos para inspirar a ter na sua casa

Essas plantas são muito bonitas e delicadas, e florescem na maior parte do ano

As rosas trepadeiras são maravilhosas para revestir áreas externas, deixando a sua casa e o seu jardim ainda mais belos. Essa é uma planta híbrida, desenvolvida para ser trepadeira. Por isso, seus galhos são mais flexíveis, facilitando a poda de condução para que a planta cresça na direção que você desejar.

Floridas quase o ano inteiro

Mais uma vantagem de cultivar a rosa trepadeira é que ela vai florir na maior parte do ano, dando uma pausa apenas no inverno. Então, durante o verão, a primavera e o outono, o colorido vai tomar conta do espaço em que ela estiver plantada.

Qual escolher?

Você pode escolher mudas de várias cores e também com tamanhos diferentes de flores, que devem ser proporcionais ao tamanho da estrutura em que a planta irá se desenvolver. Por exemplo, se for uma estrutura baixa e pequena, é melhor escolher um tipo com rosinhas pequenas e mais leves. O jardineiro da loja poderá auxiliar você na escolha da rosa ideal.

Luminosidade

Essa é uma planta que gosta de sol pleno, portanto é nesse ambiente com muita luminosidade e luz do sol direta que a planta vai se desenvolver melhor. Plante em uma área externa para ver bons resultados do cultivo.

Regas

A roseira trepadeira gosta que a terra esteja sempre úmida, em especial nos meses mais quentes em que a água do solo é absorvida mais rápido. Então, faça regas frequentes, de preferência ao final da tarde, quando o sol está mais fraco.

Replantio da muda

Quando você comprar uma muda de rosa trepadeira, terá de fazer o replantio para começar a desenvolvê-la. Para isso, escolha um vaso de até 3 litros e faça uma mistura com 70% de terra e 30% de substrato completo para plantio.

Assim que transferir a muda para o novo vaso, ela precisará começar a se adaptar ao novo ambiente, já que estava acostumada com a estufa.

Então, tenha o cuidado de colocar o vaso no sol da manhã e retirar no sol do meio dia, que é muito quente para a planta tão nova. Aos poucos, com o passar das semanas, pode ir deixando ela ficar por mais tempo no sol, até que esteja totalmente acostumada.

Durante todo esse tempo, vá regando a planta no final da tarde, sempre que notar que a parte superior do substrato está ficando seca.

Estrutura de apoio para crescer

Para que a sua rosa trepadeira possa seguir o rumo desejado, ela precisa de um apoio. Então, se quiser mantê-la crescendo na frente de uma parede ou de um muro liso, ela vai precisar de umas estacas de madeira para começar a subir.

Mas também poderá colocá-la na base de uma treliça, arco ou pergolado, e assim ela já vai se apoiando sozinha e ocupando toda a estrutura.

Podas

As podas de condução devem ser feitas uma vez ao ano, depois da fase da floração, ou seja, entre o final do inverno e o começo da primavera. Escolha ramos que já floriram, e faça o corte logo acima de um ramo que tenha pelo menos 5 folhas. Está feito, é só aguardar que ela rebrote mais forte e com mais flores na próxima fase de floração.

Decoração externa com rosas trepadeiras

Agora que já conhece as dicas de cultivo das rosas trepadeiras, veja algumas fotos de como elas ficam nas fachadas e jardins para se inspirar a fazer na sua casa também.

Pendentes sobre um portão de ferro

Em um caminho no jardim, deitadas sobre arcos

Ocupando todo o muro

Logo no portão de entrada

Valorizando o portão simples em volta da casa

Crédito das imagens: Flores e Folhagens

energias negativas e positivas dos espelhos

Sabia que os espelhos podem influenciar nas energias da casa?

flores tagetes como cuidar

Tagetes: como cuidar dessas flores ornamentais e repelentes