rega de emergência na planta
Crédito: Freepik
em

Rega de emergência: quais os sinais que as plantas dão e como salvar!

Foi viajar e esqueceu das plantas? Veja em quais casos elas ainda podem ser recuperadas

Quando você passa muito tempo sem regar as suas plantas, elas correm um sério risco de morrer de sede. Muitas plantas até aguentam semanas sem receber água, como é o caso das suculentas que armazenam água no seu interior para irem usando aos poucos. Mas, nem todas as plantas são assim, e elas sofrem muito se não recebem regas pelo menos uma vez por semana.

Se você é uma pessoa esquecida e não se lembra de dar água para suas plantas, ou se você foi viajar e esqueceu das plantas sozinhas em casa, saiba que elas vão dar sinais de que estão passando sede. Nesse caso, pode ser necessário fazer uma rega de emergência para tentar salvá-las da desidratação.

Sinais de que as plantas estão passando sede

Crédito: Minhas Plantas

Quem tem plantas em casa, precisa estar de olho nelas todos os dias. É através das folhas, caules e flores que as plantas avisam se estão bem ou não.

Quando uma planta está passando sede, ela vai ficar com um aspecto desidratado, ou seja, vai ficar murcha, caidinha e amolecida.

Se você colocar a mão nas folhas e elas estiverem “crocantes” vai ser bem difícil salvar, pois já estão bem secas, praticamente mortas. Vale tentar fazer uma poda drástica, deixando apenas a base dos caules, para ver se rebrotam.

Mas, se as folhas estiverem só caidinhas, meio murchas e tristes, só que mais amolecidas e não crocantes, a planta ainda está viva e pedindo ajuda urgente.

Mesmo que as suculentas armazenem água no seu interior, ainda precisam de água de vez em quando. Se você notar que as folhas durinhas estão moles, quer dizer que a planta está passando sede.

Algumas outras plantas, como as marantas, calateias e outras de folhas largas, vão ficar com as folhas enroladinhas nas bordas. Esse também é um sinal de falta de rega.

Como salvar uma planta que está passando sede?

Crédito: Minhas Plantas

Depois de notar que a sua planta está quase morrendo de sede, a sua primeira atitude é regá-la. Mas, pode ser que não funcione. O substrato vai estar tão seco que a água vai passar direto por ele e sair pelo fundo do vaso. Ou seja, a planta não vai absorver essa água.

Nesse caso, o correto é fazer uma rega por imersão. Você vai preparar um pote ou balde com água, pingar umas duas ou três gotas de detergente neutro na água e misturar. O detergente vai ajudar a quebrar a tensão superficial da água, facilitando sua penetração no substrato.

Coloque sua planta dentro desse pote ou balde, com o vasinho dela e tudo. O vaso da planta deve ficar parcialmente submerso, mas sem deixar a água entrar por cima. Coloque água só o suficiente para entrar por baixo do vaso. Os caules e folhas também devem ficar fora da água.

Quando tirar a planta da rega de emergência?

A planta deve ficar umas duas horas de molho nessa água, pois demora para que as raízes consigam absorver bem a água. Então, faça esse procedimento quando tiver tempo de ficar de olho na rega de emergência, sem deixar de menos e sem esquecer a planta na água.

Quando você notar que a planta deu uma levantada, como se tivesse acordado, ou quando notar que a parte de cima do substrato já está molhada, é sinal de que a rega de emergência está pronta.

Mesmo que a planta ainda pareça caidinha, é hora de tirá-la da água. Alguns galhos muito secos ou muito moles podem ser podados, pois quando ainda ficam assim depois da rega de emergência, não voltam mais a ser como eram. A planta vai precisar dar novos brotos para se recuperar por completo.

Depois disso é só ir mantendo a sua planta com os cuidados de sempre, sem esquecer de regá-la quando o substrato voltar a secar.

Como manter as plantas hidratadas quando for viajar?

Se você for viajar por mais de duas semanas e não tiver ninguém para regar as suas plantas, você pode deixar os vasos em um pratinho com um pouco de água e uma gotinha de água sanitária para prevenir que mosquitos ponham ovos.

Ou, você pode fazer um gotejador caseiro que vai ficar regando a planta bem lentamente a cada dia, impedindo que ela desidrate. Só tenha cuidado na hora de regular o gotejador para que a planta não fique encharcada e acabe morrendo afogada.

Veja como fazer um gotejador caseiro para plantas.

orelha inflamada por brincos

Orelha inflamada: causas, tratamentos e como evitar

limpar telha mofada

Como limpar telha mofada com água sanitária