primeiros socorros para infarto
Crédito: Freepik
em

Primeiros socorros para infarto: o que fazer

Veja como agir corretamente durante os primeiros socorros para infarto

A situação por si já é assustadora, imagine se você não sabe o que fazer durante os primeiros socorros para infarto? Como isso pode acontecer a qualquer momento, é importante saber como agir corretamente. Isso pode salvar uma vida!

Segundo o Ministério da Saúde, “o infarto do miocárdio, ou ataque cardíaco, é a morte das células de uma região do músculo do coração por conta da formação de um coágulo que interrompe o fluxo sanguíneo de forma súbita e intensa”. Seus principais sintomas são:

  • Desconforto ou dor no peito;
  • Desconforto ou dor nas costas, rosto ou braço esquerdo;
  • Sensação de peso no peito;
  • Suor frio;
  • Palidez;
  • Falta de ar;
  • Fraqueza e desmaio.

Alguns fatores podem aumentar as chances de ocorrer uma parada cardíaca, entre elas o vício em cigarros e colesterol alto. Pessoas com diabetes também podem ter mais chances de apresentar o quadro, sendo fundamental que a família saiba como fazer os primeiros socorros para infarto. Veja então, passo a passo, como proceder em caso de emergência.

Primeiros socorros para infarto

Claro que ninguém espera que aconteça, mas se houver uma emergência, você deve ter a preparação necessária. Um passo a passo de como reanimar um familiar que sofreu ataque cardíaco não substitui o treinamento especializado, mas pode ajudar na hora de necessidade.

Lembre-se que a primeira coisa a fazer é ligar para a emergência (192 ou 193), para em seguida fazer o passo a passo abaixo. É importante seguir também a orientação do técnico da emergência que atender à chamada telefônica, a fim de que se possa ajudar a pessoa em processo de infarto. Veja então o passo a passo.

Posicione o paciente

Deite a pessoa no chão ou em outra superfície firme e plana. Não pode ser na cama ou sofá, pois prejudicaria o processo. A barriga deve estar para cima e os braços estendidos ao lado do corpo. O ideal é que esteja sem casacos, correntes e afins, facilitando o acesso ao peito, mas tudo bem estar vestido. A cabeça deve estar levemente inclinada para trás, facilitando o fluxo de ar para os pulmões.

Se posicione corretamente

Fique de joelhos, ao lado da vítima, e comece o procedimento, posicionando corretamente as mãos na linha entre os mamilos, na altura do coração. Apoie a base da mão sobre o peito e a outra por cima, para ajudar na pressão. Os braços devem ficar bem esticados e a força é feita com os ombros. Vá aumentando a pressão aos poucos, até ver que o peito está afundando cerca de 5 cm durante o movimento.

Faça a massagem cardíaca

Depois de estar na posição correta e encontrar a força ideal, faça o movimento rapidamente, com a mesma intensidade. Serão cerca de duas vezes por segundo, o que dá 120 por minuto. Conte mentalmente para não se cansar demais e preste atenção nas reações da vítima. Se der sinais de que os batimentos cardíacos voltaram, pare o procedimento e avise ao técnico da emergência. Veja como fazer em vídeo, com o bombeiro Lucas Botelho.

bombom contra ansiedade e depressão

Conheça o bombom que promete tratar ansiedade e depressão

como plantar tomate-cereja

Como plantar tomate-cereja em vaso passo a passo