em

8 Dicas para se adaptar no primeiro mês do cachorro em casa

Veja como se preparar para receber um novo amigo em casa e fazê-lo se sentir parte da família.
primeiro mês do cachorro em casa
Crédito: Freepik

Tomar a decisão de adotar um cachorro, seja ele filhote ou não, é saber que uma adaptação terá de acontecer. E não será apenas por parte dele, mas também de toda a família. Tomar consciência das necessidades de um animal de estimação é o primeiro passo para que tudo corra bem desde o primeiro mês do cachorro em casa. Inclusive é nesse período que a adaptação precisa ser mais intensa. Veja as dicas do que vai precisar fazer para ter sucesso.

Dicas para uma boa adaptação do cachorro em casa

Ao se preparar física e psicologicamente para o primeiro mês do cachorro em casa, lembre-se que para ele vai ser tudo novo também. As pessoas, o ambiente, os hábitos, completamente tudo. Então, não crie expectativas sobre o comportamento do cão, pois é normal que ele fique com medo, assustado, que não queira comer e sinta-se sozinho.

Essas reações vão depender de diferentes fatores. Primeiro, se o cão é um bebê e vai sentir falta da mãe. No caso de cães mais velhos que já estavam sozinhos, esse sentimento de solidão não costuma ser um problema, a menos, é claro, pela necessidade dele por carinho.

Então, independentemente da idade do cão, o que vai mesmo importar é que você e quem mais residir no local façam ele se sentir amado e em casa. Também é muito importante estar pronto para ter paciência. Sendo assim, essas recomendações vão ajudar:

1. Prepare um espaço para o cão

preparar caminha para o cachorro
Crédito: Freepik

Quando você chega para passar alguns dias na casa de outra pessoa, o lugar que vai estar ansioso para ver é o quarto onde irá dormir. Com o cão é a mesma coisa.

O cantinho onde vai ficar a caminha dele precisa ser bem aconchegante e acolhedor, pois é para onde ele vai se recolher quando sentir necessidade. Então, invista em uma caminha bem agradável, quentinha, macia e cheirosa, pois com certeza vai fazer diferença para que ele se sinta bem recebido e mais tranquilo.

Além disso, aproveite para garantir que o local onde ele irá passar mais tempo esteja seguro. Esconda os fios soltos, tire o que pode quebrar ou machucar, tire produtos químicos e outras coisas com cheiro muito forte e perigosas à saúde do cão.

Se for um filhotinho, ele vai se sentir muito sozinho, então para não deixá-lo de portas fechadas, instale grandes ou cerquinhas. Assim ele mantém contato com outros cômodos mais movimentados da casa e chora menos.

2. Deixe-o explorar o local

Antes de começar a impor uma rotina para o cão, deixe-o à vontade durante alguns dias para que ele explore o ambiente. Essa dica é muito importante durante todo o primeiro mês do cachorro em casa. Claro que não precisa deixá-lo subir na sua cama e dormir aonde quiser, mas deixe-o conhecer cada cantinho da casa para se situe.

Enquanto isso, observe o comportamento dele, onde ele gosta mais de estar, o que o assusta e o que o deixa muito feliz. Conheça-o e permita que ele conheça você também.

3. Prepare os materiais de limpeza

Se você ainda não tinha um cão em casa, deve saber que há um grande risco de ele fazer xixi e cocô em lugares impróprios enquanto ainda não se acostumou com o lugar certo. Por isso, já esteja preparo com panos, rodo e produtos de limpeza, pois serão úteis.

4. Aprenda técnicas de adestramento

aprender adestramento para cachorro
Crédito: Freepik

Mesmo que você tenha a intenção de levar seu cão para aulas de adestramento, é importante que você mesmo já tenha uma ideia de como é feito esse processo. Isso serve para compreender que o animal não precisa de gritos, água no rosto, sustos, chineladas e outros modos de violência para aprender a respeitar a casa e as pessoas.

Assim, você vai aprender a lidar com ele de uma forma mais tranquila e vai ajudá-lo a entender as regras da casa de uma forma mais eficiente, desde o primeiro mês do cachorro em casa.

5. Leve o cão para conhecer a vizinhança

Mesmo que seu cão seja um filhote ou que não vá sair de casa tão cedo, pegue-o no colo e leve para conhecer a rua, as casas, permitir que ele tenha uma visão cada vez mais familiar do local novo. Se ele ainda não for vacinado, tome cuidado para que ele não tenha contato com outros cães ainda. Faça esse passeio, se possível todos os dias.

Pois a cada dia ele vai ter uma visão diferente até que comece a assimilar o que está vendo, cheirando e sentindo. Esses passeios também são importantes para que o cão se exercite, para que relaxe e para que, no caso de uma fuga, ele saiba para onde está indo e como voltar.

6. Prepare as pessoas da casa

como apresentar cão para família
Crédito: Freepik

Antes de o cão chegar, converse com todos da casa sobre todas essas dicas de preparação. É importante que todos sejam gentis com o cão, que deem as mesmas ordens, respeitem as mesmas regras, assim ele vai compreender mais facilmente como as coisas funcionam. No caso de ter crianças, já prepare-as para o recebimento de um membro da família, e não de um brinquedo.

7. Se já tiver outros animais, prepare o terreno

Assim como o cão vai conhecer as pessoas da casa, também vai precisar conhecer os outros animais. Faça essa apresentação com paciência e cuidado, sem gerar sustos ou tornar o momento muito agitado. Pode levar o mês inteiro para que os animais se acostumem um com o outro.

8. Planeje uma rotina

Assim que o seu cãozinho chegar, já tenha preparado como irá funcionar a rotina dele nas questões de horários para comer, passear, brincar e dormir.

No primeiro mês algumas dessas coisas podem ser mais flexíveis, mas são essenciais para que o cão tenha uma convivência mais tranquila com todos da casa. Quando ele conhece as regras, fica muito mais fácil respeitar e ser mais relaxado para aproveitarem os bons momentos juntos.

Para finalizar as dicas de como se preparar para o primeiro mês do cachorro em casa, veja orientações importantes sobre os maiores erros que as pessoas cometem ao começar a adestrar um cão. O adestramento é importante e benéfico, mas precisa ser feito do jeito certo e com certeza essas dicas vão ajudar você:

Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

mitos e verdades sobre alimentos congelados
12 Mitos e verdades sobre alimentos congelados
secar roupa no frio
Como secar roupa no frio: 7 dicas para colocar em prática agora