modelo com microcefalia
Crédito: Arquivo pessoal
em

Ana Victória é a primeira modelo com microcefalia no mundo

Com muita desenvoltura diante da câmera, a jovem está tirando carteira de modelo profissional

A internet possibilita que pessoas se conectem e quebrem barreiras que antes existiam por puro preconceito. No mundo da moda, por exemplo, está cada vez mais comum ver modelos com padrão de corpo fora daquele antes determinado, pautado pela magreza excessiva e altura superior a 1,70m.

Hoje em dia, o mercado abre portas para todos os tipos de pessoas, inclusive aquelas com deficiência, como é o caso de Ana Victória Lago, de 21 anos, que é a primeira modelo com microcefalia do Brasil e do Mundo.

O começo

Crédito: Arquivo pessoal

O primeiro convite que a jovem recebeu para fazer uma sessão de fotos foi de um projeto chamado Arte sem Preconceitos, criado por uma agência de Manaus, onde Ana Victória mora com a família.

A mãe, Viviane Lago, aceitou o convite e levou não apenas Ana Victória, mas também Maria Luiza, de 17 anos, sua outra filha que também nasceu com microcefalia. Na ocasião, Maria Luiza não demonstrou muito interesse pelas câmeras e ficou tímida, mas Ana Victória se saiu muito bem, mostrando que essa poderia ser uma carreira para investir.

Em entrevista para o site Razões Para Acreditar, a mãe das meninas disse que se surpreende cada vez mais com a evolução delas, já que os médicos disseram que elas não iriam andar e nem falar ao longo da vida.

Quando elas voltaram para casa após a sessão de fotos, Viviane conversou com o marido sobre a possibilidade de Ana Victória começar a trabalhar como modelo, já que a dona da agência havia explicado que o mercado de moda inclusiva está em expansão e a menina tinha uma grande desenvoltura em frente à câmera.

No dia seguinte, Ana Victória recebeu outro convite, dessa vez para um ensaio mais produzido, e foi um sucesso. A mãe percebeu que a filha realmente queria estar ali, e estava feliz.

Cuidado com as escolhas

Crédito: Arquivo pessoal

Os pais de Ana Victória são muito cuidadosos com a carreira da filha. Eles avaliam muito bem o propósito de cada trabalho antes de aceitarem, garantindo que a imagem da filha esteja sempre protegida e jamais vinculada a causas que eles não aprovem.

“A gente sabe que nesse mundo ainda existem muitas pessoas cruéis. E foi o que aconteceu, assinamos um contrato de um ano com a agência e, nesse período, ela encaixava a Ana nos testes para algumas empresas e recebia respostas do tipo ‘que não queriam esse tipo de pessoa no seu casting’”, disse a mãe.

Mas é com o tempo e a experiência que se conhece as pessoas boas nesse ramo. Ana Victória continuou trabalhando e se desenvolvendo, e hoje está tirando carteira de modelo profissional.

Moda inclusiva

Crédito: Arquivo pessoal

Viviane acompanha a filha em todos os trabalhos e faz questão de dar preferência para propostas de moda inclusiva. Assim, além de ver Ana Victória feliz em ser modelo e fazer dessa atividade sua profissão, elas ainda incentivam a conscientização da sociedade sobre o valor das pessoas com deficiência.

Veja também: Mulher negra adotou 3 crianças brancas e ensina sobre viver sem preconceitos

torta de morango sem forno

Como fazer uma torta de morango sem forno

benefícios das orquídeas

Conheça os benefícios das orquídeas e dicas de cultivo