em

Conheça 10 plantas medicinais brasileiras e seus benefícios à saúde

Veja quais são as plantas mais populares, seus benefícios e propriedades.
plantas medicinais brasileiras
Designed by Freepik

As plantas medicinais brasileiras formam uma grande lista de variedade e benefícios, já que o Brasil possui uma das maiores e mais ricas biodiversidades do Planeta.

Então, selecionamos 10 entre as mais conhecidas, junto com recomendações de uso e benefícios para você conhecer e utilizar, com cautela, de preferência sempre com recomendação de um profissional.

Aqui você encontra:

10 Plantas medicinais brasileiras e seus benefícios

Quando conhecemos mais sobre as plantas medicinais, descobrimos que há muito remédio no quintal de casa, basta saber identificar e como usar. Veja estes exemplos:

1. Alecrim

O alecrim é uma das plantas medicinais brasileiras utilizadas para atuar no tratamento de problemas como:

  • Reumatismo;
  • Gases;
  • Problemas cardíacos;
  • Cansaço;
  • Caspa;
  • Depressão.

Essa planta possui efeito vasodilatador, antiespasmódico, antisséptico, antirreumático, depurativo e digestivo.

2. Alcachofra

A alcachofra é utilizada para tratar os seguintes problemas:

  • Arteriosclerose;
  • Reumatismo;
  • Obesidade;
  • Pressão alta;
  • Infecção urinária;
  • Problemas do fígado.

Ela fornece uma grande quantidade de cálcio e ferro e seus efeitos variam entre digestivo, diurético, antioxidante, além de equilibrar os níveis de colesterol, da pressão sanguínea e do diabetes.

3. Boldo

O boldo é muito popular e utilizado especialmente para tratar problemas do estômago, mas também:

  • Ressaca;
  • Diarreia;
  • Sintomas de gripe;
  • Estimulante da bílis;
  • Cistite;
  • Gota;
  • Melhorar o funcionamento do fígado.

Esses efeitos se devem ao poder diurético, estimulante da vesícula, anestésico, antisséptico, anti-inflamatório, antibacteriano, vermífugo, desintoxicante, antiespasmódico e antioxidante.

4. Capim-limão

Essa planta é muito comum por todo o país e, apesar de muito parecida, não é o mesmo que a erva-cidreira. Seus efeitos beneficiam:

  • Alívio e cólicas;
  • Melhora do sono;
  • Redução do nervosismo;
  • Infeções da pele;
  • Sintomas da gripe;
  • Mialgia.

Os efeitos que levam a tratar esses problemas são o sedativo, antidepressivo, diurético, digestivo, analgésico, expectorante e bactericida.

5. Catinga-de-mulata

Essa herbácea dá pequenas flores amarelas no verão e é recomendada para tratar:

  • Bronquite;
  • Manchas da pele;
  • Dores nas articulações;
  • Epilepsia;
  • Furúnculos;
  • Problemas menstruais;
  • Picadas de inseto;
  • Parasitas;
  • Problemas intestinais;
  • Dores por lesão.

O que problemas tão diferentes têm em comum para serem tratados pela mesma planta é a resposta aos efeitos antibacteriano, antiespasmódico, digestivo, diurético, vermífugo, anti-inflamatório.

6. Quebra-pedra

A planta quebra-pedra é muito conhecida por tratar cálculo renal, mas também atua no cuidado com:

  • Problemas de bexiga;
  • Problemas de próstata;
  • Eliminação do ácido úrico;
  • Icterícia;
  • Reumatismo;
  • Hepatite.

As propriedades da planta são antidiabética, diurética, estimulante, inibidor do aumento da pressão, antioxidante e analgésico.

7. Cavalinha

Essa planta é uma rica fonte de minerais e é recomendada para o tratamento de:

  • Reumatismo;
  • Osteoporose;
  • Emagrecimento;
  • TPM.

A cavalinha é uma planta que protege contra infecções, é diurética, protege a pressão arterial e contra infecções.

8. Carqueja

A carqueja nasce sozinha em terrenos abandonados, facilmente confundida com uma erva daninha. Mas na verdade ela age no tratamento de:

  • Obesidade;
  • Diabetes;
  • Anemia;
  • Infecção da pele;
  • Problemas de vesícula.

Suas propriedades são diuréticas, digestivas, laxantes, estimulante do fígado e vermífugas.

9. Arruda

A arruda precisa ser usada com cuidado porque pode ser tóxica. É recomendada para:

  • Regulação do ciclo menstrual;
  • Varizes;
  • Infecção do fígado;
  • Bronquite;
  • Insônia;
  • Reumatismo;
  • Parasitas.

Não pode ser tomada por gestantes por ser abortiva, mas também possui propriedade adstringente, analgésica, calmante, contra febre e repelente.

10. Aloe vera

Essa planta, popularmente chamada de babosa, tem efeito especial na saúde e aparência da pele e dos cabelos, mas também em:

  • Úlcera;
  • Reumatismo;
  • Prisão de ventre;
  • Problemas respiratórios;
  • Imunodepressão.

A babosa age como antibiótico, antiviral, hidratante, estimulante, cicatrizante e até mesmo como um laxante natural.

Dicas de outras plantas medicinais

Além destas, há outras plantas originárias de outras partes do mundo, mas que também vivem em solo brasileiro e vale a pena conhecer seus benefícios medicinais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
benefícios do óleo de melaleuca
Os benefícios do óleo de melaleuca para saúde, pele e cabelos
máscara preta
Como fazer máscara preta para a pele: conheça os benefícios