em

AmeiAmei

Como plantar hibisco: uma bela flor para ter no jardim

O hibisco pode ser uma planta de vaso ou de jardim. Veja como plantar e conheça seus benefícios à saúde.
plantar hibisco
Crédito: Pixabay

O hibisco é uma planta com mais de duzentas variedades, por isso cada flor tem diferentes características na aparência. Há os tipos que servem para uso ornamental e há também espécies com as quais se pode fazer chá e se pode usar na cozinha. Aprenda a como plantar hibisco em casa e ter essa belíssima flor no seu jardim.

Como plantar hibisco

Você pode plantar hibisco no jardim ou em vasos para espalhar pela casa. Na hora de comprar, você pode escolher entre variedades de tamanhos. Então, a etapa 1 é a escolha:

Passo 1 – escolhendo o tipo de planta

Para plantar hibisco no jardim, há opções de flores que atingem até dois metros de altura. Já para os vasos, é melhor escolher aquelas que ficam em até sessenta centímetros. O hibisco é uma planta bem fácil de cultivar, já que não exige um solo muito rico quando plantado no jardim. Além disso há dois tipos: a temperada e a tropical.

As plantas de clima tropical são ideais para temperaturas acima de 10 °C. As temperadas suportam temperaturas abaixo de zero no inverno. Outra característica de cada tipo é que o tropical dá mais flores, porém elas murcham em poucos dias. Já o temperado dura mais tempo, mas dá menos flores e mais folhas.

Escolha também se vai querer plantar a partir de sementes ou de uma planta já desenvolvida, transplantada para o seu jardim ou vaso.

Passo 2 – escolha a época ideal

O período ideal para plantar o hibisco é quando as temperaturas estiverem entre 15 e 21 °C. No inverno ele não vinga da mesma forma, especialmente se escolher uma planta tropical.

Passo 3 – escolha o local do plantio

No vaso ou no jardim, é importante escolher um local onde o hibisco vai pegar cerca de 4 a 6 horas por dia. Não necessita de luz direta o dia inteiro para evitar que queime. Escolha um local onde pretende deixar a planta por tempo indeterminado, pois há espécies que vivem por quarenta anos.

O solo precisa ser bem drenado e não arenoso demais. Também precisa ser ácido, mantendo-se abaixo do pH 6,5. É bom que prepare a terra algumas semanas antes de plantar, para que o solo fique bem nutrido e fertilizado.

Passo 4 – plantio do hibisco

Comece cavando os buracos na terra ou no vaso. Eles devem ser fundos e largos, no caso do plantio no jardim. Se for uma planta já desenvolvida, o buraco deverá ter a profundidade da raiz. Também nesse caso, cada semente deve estar em uma cova com distância de 60 a 90 centímetros entre uma e outra.

Depois de colocar a planta ou a semente na terra, cubra e regue. Mantenha a rega para que o solo permaneça sempre úmido, mas sem encharcar. No inverno não é necessário regar tantas vezes, apenas quando notar que há ressecamento do solo.

No vaso, deverá utilizar uma camada de argila expandida, uma camada de geotêxtil, que é uma tela protetora para filtrar o substrato. Por cima, o substrato, a muda, e mais substrato para tampar toda a raiz. Faça uma rega e finalize com mais substrato.

Dicas para cuidar

Depois que realizou todo o processo para plantar hibisco, veja as orientações para cuidar da planta:

Observe o hibisco diariamente para se certificar de que não há pragas ou ervas daninhas. Sempre que tiver, remova-as para não consumirem os nutrientes do solo e deixarem a planta desnutrida. Se perceber pragas, prefira usar inseticida orgânico. De preferência, observe qual é o tipo de praga para que possa comprar um produto mais eficaz, com orientação de um profissional.

Quando houver muitos ramos novos acima das juntas da planta, pode realizar a poda para que as flores nasçam mais fortes. Quando perceber que alguma parte da planta morreu, também é importante podá-la para estimular sua regeneração. Mas nunca corte mais do que 2/3 de um ramo em uma única vez.

Se utilizar um substrato de boa qualidade no vaso, não precisará fertilizar por nove meses. Já na terra, é interessante fazer fertilização na primavera.

Como usar a flor de hibisco

A flor de hibisco da espécie Hibiscus rosa-sinensis, que são as mais populares, possuem propriedades medicinais, e por isso podem ser desidratadas para fazer chá. Veja os benefícios:

  • Agir no combate de fungos e bactérias;
  • Manter o equilíbrio da pressão arterial;
  • Proteger o sistema gastrointestinal;
  • Dilatar os vasos sanguíneos;
  • Anti-inflamatório;
  • Laxante;
  • Analgésico;
  • Expectorante;
  • Digestivo;
  • Calmante.

O chá do hibisco é muito nutritivo, fornecendo ao corpo muitas vitaminas e minerais essenciais que ajudam na desintoxicação do organismo. Dessa forma, ele atua melhorando a saúda da pele, dos cabelos e até dos ossos, já que é rico em cálcio.

Embora rico em benefícios, o chá de hibisco é contraindicado para gestantes e lactantes, para pessoas com pressão baixa e não deve-se consumir em excesso.

As dicas desse artigo não substituem a consulta ao médico. Além disso, quando aprovado uso pelo profissional, deve ser mantido em combinação com uma alimentação saudável e balanceada, prática de exercícios físicos e boas noites de sono.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
chá de alfazema
Para que serve e como fazer chá de alfazema
dieta cetogenica na menopausa
Benefícios da dieta cetogênica na menopausa e efeitos no organismo