em

Como plantar alho-poró em casa: passo a passo

Veja como fazer o plantio e o replantio em um vaso para ter alhos-porós sempre frescos em casa.
plantar alho-poró
Crédito: Pixabay

Plantar alho-poró em casa é uma excelente maneira de ter essa hortaliça sempre fresca e sem agrotóxicos para utilizar no preparo das refeições. Ele serve tanto como tempero quanto como ingrediente principal de alguns pratos, sendo ótimo para sopas, cremes, caldos, risotos, carnes, saladas e onde mais quiser usar.

Outro benefício de plantar alho-poró em casa, além do sabor e da qualidade, é garantir um melhor aproveitamento dos seus nutrientes, pois ele é rico em vitaminas e minerais essenciais. Então, agora já tem ótimos motivos para consumir essa planta, vai ter mais um ao ver que é fácil fazer o cultivo em casa. Veja o passo a passo a seguir e como cuidar.

Como plantar alho-poró: passo a passo

plantar alho-poró no vaso
Crédito: Horta em Vaso do Ricardo

O alho-poró, também chamado de alho-porro ou alho-francês, possui um pseudocaule, que é a parte branca consumida. Essa parte fica quase sempre dentro da terra, deixando para fora suas folhas e flores, que não costumam ser comidas, mas podem ser se quiser.

Essa planta chega a crescer em média 60 a 100 centímetros de altura, e o cultivo costuma ser anual, mas pode ser feito duas vezes ao ano para uma colheita bianual. Confira as condições em que ele deve ser cultivado para um melhor resultado.

1. Clima ideal

O melhor clima para o cultivo do alho-poró é entre 13 e 24 °C, mas se adapta bem a climas um pouco mais quentes, desde que a terra esteja sempre úmida. Também possui boa resistência a temperaturas mais baixas, se for apenas por um período ao longo do cultivo.

2. Luminosidade ideal

Plantar alho-poró exige que tenha um espaço com ótima luminosidade direta do sol, pelo menos durante um dos períodos do dia. Ele se desenvolve bem na sombra parcial, mas mesmo assim deve receber boa luminosidade.

3. Solo ideal e irrigação

Independentemente de fazer a plantação no quintal ou em um vaso, o alho-poró necessita de um solo com boa drenagem, muito fértil e leve. Deve ser mantido sempre úmido, mas não encharcado, então não adianta regar demais em um dia para compensar no outro, pois a planta irá apodrecer. O pH ideal do solo para plantar alho-poró é de 6 a 6,8.

4. Época do plantio

Se mora em um local quente, o período ideal para plantar alho-poró é entre fevereiro e junho. Se a região for de clima mais frio, pode plantar a qualquer mês do ano.

5. Materiais para o plantio

como fica alho-poró no quintal
Crédito: Hortas.Info
  • Vaso com pelo menos 25 centímetros de profundidade;
  • Sementes ou mudas;
  • Terra fértil;
  • Areia;
  • Pedrisco (brita ou cascalho);
  • Húmus de minhoca;
  • Substrato;
  • Vermiculita;
  • Pá de jardim pequena;
  • Regador.

6. Como fazer o plantio

Comece preparando o vaso. Faça uma camada de pedrisco no fundo e coloque um pouco de areia por cima. Essas duas camadas servirão para a drenagem da água. Depois encha o vaso com uma mistura de terra com substrato, húmus de minhoca e vermiculita.

Você pode comprar sementes ou mudas já crescidas de alho-poró. Os dois tipos podem ser plantados direto no vaso. Se plantar as sementes, coloque-as a 1,5 centímetro de profundidade. Se for uma muda, coloque a 15 centímetros de profundidade, deixando a parte branca totalmente embaixo da terra e a parte verde para fora.

Tampe a covinha e regue para deixar a terra bem úmida.

Se plantou as sementes, em cerca de 1 semana deverão estar germinadas. Se plantou a muda, é só conferir as dicas de cuidados a seguir até chegar o momento da colheita.

O processo fora do vaso, diretamente no quintal, é o mesmo, apenas não precisa colocar a parte das pedrinhas no fundo como drenagem. Nesse caso, deverá manter uma distância de 15 centímetros entre as mudas.

Como cuidar de alho poró

resultado plantio alho-poró no quintal
Crédito: Hortas.Info

1. Se cultivar em vaso, mantenha o vaso em um local que pegue bastante luz. Mantenha a terra sempre úmida, mas não encharcada.

2. Se perceber que estão crescendo ervas daninhas em volta, retire-as sempre para não roubarem nutrientes do alho-poró.

3. De vez em quando, pegue a pá e amontoe um pouquinho de terra na base da planta para estimular que a parte branca fique maior. Mas não amontoe muito para cima ou a planta poderá apodrecer.

4. Mantendo esses cuidados simples, depois de 120 ou 150 dias já vai poder colher, removendo toda a planta da terra. A colheita pode ser feita quando os talos estiverem com 2,5 a 4 centímetros de diâmetro.

5. Depois de colhido, limpe o excesso de terra, apare as folhas e se for consumir na hora remova as raízes. Se for guardar, limpe-o, pode as folhas, mas mantenha as raízes e coloque dentro de um saco plástico fechado na geladeira por até 10 dias.

Com os alhos colhidos, aprenda a fazer deliciosas receitas com alho-poró e aproveite ao máximo.

Como manter o cultivo replantando

Depois que você colheu o alho-poró, pode separar uma das plantas o replantio. Assim sempre vai ter novas colheitas em pouco tempo. Siga os passos abaixo:

1. Reserve um talo branco limpo com as folhas cortadas. Deixe a parte branca com um tamanho de 3 dedos mais ou menos.

2. Espete dois palitos na horizontal no dentro do talo, um de cada lado, para servir de apoio. Encha um copinho com água e coloque o alho sobre o copo, de modo que só a base fique encostando na água. Troque essa água a cada 2 dias. Em alguns dias ele estará criando raízes na água.

replantio alho-poró na água em copo
Crédito: Veganana

3. Depois de uma semana, coloque-o na terra, fazendo o plantio no vaso da mesma forma que fez com as mudas novas. Regue bastante e deixe o vaso perto de uma janela ou onde possa absorver bastante luz.

replantio alho-poró na terra em vaso
Crédito: Veganana

4. Depois de duas semanas, mais ou menos, já poderá fazer uma nova colheita, pois o plantio foi realizado em uma etapa mais acelerada do processo. Mantenha essa sequência e sempre terá alhos frescos para consumir.

alho-poró colhido para consumo
Crédito: Vamos Comer Melhor
Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
fome em excesso
O que pode ser fome em excesso?
benefícios suco de chuchu
Suco de chuchu: para que serve e receitas