cuidados com a planta falsa érica
Crédito: Wikimedia Commons
em

Planta Falsa Érica: aprenda a cultivá-la em casa

Essa planta é de pequeno porte e fica ótima no jardim, pegando sol pleno ou meia sombra

A Falsa Érica é também conhecida por Érica e Quaresminha, mas o seu nome científico é Cuphea gracilis. Essa planta é uma herbácea, nativa do Brasil, que cresce até uns 20 a 30 centímentros. É uma ótima planta para formar maciços no seu jardim e apreciar a beleza de suas pequenas e delicadas flores, que podem ser de cor lilás ou branca.

Clima para cultivo

cuidados com a planta falsa érica
Crédito: Eu Amo Flores

Como é uma planta nativa brasileira, a Falsa Érica se adapta facilmente a todos os climas existentes no país, embora tenha menos tolerância ao frio que faz no alto inverno do Sul e nas regiões com altitude. Nesses ambientes elas podem viver por menos tempo que o normal, que é de 1 a 2 anos.

Iluminação

Por ser uma boa opção para ficar no jardim, pode cultivar essa planta sob sol pleno. Se ela ficar em um local com meia sombra, é importante que pegue umas 3 ou 4 horas de sol todos os dias para se desenvolver bem e florir o ano inteiro.

Regas

As regas devem ser frequentes, evitando que o solo fique muito seco por vários dias. Quando regar, cuidado para não deixar o solo encharcado ou as raízes irão apodrecer.

Substrato

Crédito: Simples de Coração

Para fazer o plantio, escolha uma terra rica em matéria orgânica, mas adicionando algum ingredientes que a deixe mais porosa, como areia de construção ou fibra de coco, facilitando o enraizamento e evitando o encharcamento.

Adubação

Para estimular o florescimento, forneça à Falsa Érica um adubo rico em fósforo, como por exemplo um NPK 4-14-8 ou com mais farinha de osso e húmus de minhoca, a cada 2 ou 3 meses.

Poda

Não é recomendado fazer a poda dessa planta, pois a poda retarda o seu crescimento e pode deixá-la atrofiada.

Reprodução

Crédito: Simples de Coração

Para reproduzir a Falsa Érica, deve retirar a ponta dos caules com umas duas ou três gemas, e colocar para enraizar no final do inverno.

Veja também: dedaleira — conheça mais sobre essa planta medicinal e ornamental

vida simples do filho de hebe

Filho de Hebe Camargo leva vida sem luxos no interior de SP

murumuru propriedades e produtos

Murumuru: uma matéria-prima para cuidar dos cabelos