piso para cozinha
Crédito: Pixabay
em

Melhores tipos de piso para cozinha

Conheça as opções mais usadas para revestimento de piso de cozinha antes de fazer esse investimento

Quando você está construindo ou reformando a sua casa, tem muito material para comprar, mão de obra para contratar e paciência para esperar tudo ficar pronto no prazo. Mas é muito gostoso chegar na etapa de escolha dos revestimentos, pois além de pensar em opções que sejam funcionais no dia a dia, também precisa pensar no que vai ficar mais bonito, conforme o seu gosto. Um dos revestimentos que merece mais atenção é o piso para cozinha. Veja como escolher entre os melhores.

Veja também ideias de cozinha planejada para montar a sua

5 Tipos de pisos para cozinha

A escolha do piso da cozinha leva em conta um fator principal que é a impermeabilidade. Você precisa de um piso que seja resistente à umidade e prático de limpar, pois a cozinha é uma áreas da casa que suja bastante, o piso acaba sedo molhado com frequência e engordurado também. Então, basicamente, você não pode usar carpete na cozinha, mas há muitas outras opções para escolher.

1. Azulejo

piso para cozinha tipo azulejo
Crédito: Dê Jota

Esse é o tipo de piso para cozinha mais comum, pois é um dos mais baratos, é resistente, há muita mão de obra qualificada para instalar e diversos modelos para escolher. A dica é optar por pisos claros. Se você estava pensando em instalar um azulejo preto, é bom saber que ele vai ficar cheio de marcas constantemente, em especial quando o clima estiver úmido.

2. Porcelanato

piso para cozinha tipo porcelanato
Crédito: Tua Casa

Esse tipo de piso é um dos mais solicitados nos projetos de arquitetura atuais porque é esteticamente mais bonito do que o azulejo, as peças são maiores, então precisa comprar uma quantidade menor, além de ser mais resistente do que o azulejo. Em compensação também é um pouco mais caro. A mesma dica do piso preto vale para essa opção.

3. Laminado ou vinílico

piso para cozinha tipo vinílico
Crédito: Sua Decoração

Se você tinha dúvidas sobre a possibilidade de usar o piso laminado na cozinha por ser de madeira, pode ficar tranquilo. Esse tipo de piso pode sim ser usado nessa área da casa, mas certifique-se de escolher uma opção impermeável. O piso vinílico também é uma opção viável, ainda melhor e mais prático do que o laminado, especialmente para instalar e limpar. Nenhum dos dois necessita que você arranque o piso atual para fazer a instalação. Se você mora em apartamento, o vinílico é mais recomendado do que o laminado porque oferece melhor conforto acústico, assim não vai incomodar o vizinho de baixo.

4. Cimento queimado

piso para cozinha cimento queimado
Crédito: Limão na Água

Essa opção de piso é bem moderna e muito utilizada nos projetos de interiores com estilo rústico ou industrial. É um tipo de piso que fica com a aparência de cimento, pois realmente é cimento que se despeja em todo o chão, mas depois ele recebe um polimento para ficar com aspecto vitrificado muito bonito. É um piso frio e fácil de limpar.

5. Mármore ou granito

piso para cozinha pedra natural
Crédito: Viva Decora

Já se você quiser que a sua cozinha tenha um estilo bem sofisticado, as pedras naturais de alto valor agregado, como o mármore e o granito vão satisfazer o seu desejo com perfeição. Há diversos modelos para escolher, porém tenha o cuidado de contratar uma mão de obra especializada para ter um bom resultado. A dica para economizar um pouco nesse tipo de piso para cozinha é optar por pedras nacionais ao invés das importadas.

Qual escolher?

Entre tantas opções de piso para cozinha que você acabou de ver, precisa levar em consideração como é o estilo de vida na sua casa para fazer a escolha certa. Se você tem crianças, por exemplo, talvez queira optar pelo piso laminado ou pelo vinílico, pois são térmicos e mais confortáveis para os pequenos andarem descalços e com menos risco de se machucarem quando caírem.

Se você estiver considerando o custo-benefício, esses dois tipos de piso são ótimas escolhas, em especial quando quer apenas reformar, mas sem o quebra-quebra para arrancar o piso atual, pois eles podem ser aplicados por cima de outro piso.

No caso de ser uma construção nova, a opção com melhor custo benefício é o azulejo, que é feito de cerâmica, é mais barato do que o porcelanato e é esmaltado, ou seja, impermeável. Muito fácil de limpar, além de oferecer diversos modelos de estampas.

Já se você quiser investir um pouco mais, então a primeira opção da lista é o porcelanato, que se destaca pela beleza e por ser mais resistente do que o azulejo tradicional. O cimento queimado é o próximo da lista, que vai necessitar de mão de obra especializada para que não tenha problemas com rachaduras em um futuro próximo, por isso não é dos mais baratos.

Depois dessa opção vem as pedras naturais, como o mármore e o granito, que possuem um preço mais alto, tanto das peças quanto da mão de obra para instalação, devido ao valor agregado que recebem.

Em resumo, dentro das opções listadas no tópico anterior, a melhor escolha do piso para cozinha está relacionada ao investimento que você quer fazer, pois todas elas oferecem beleza, estilo e facilidade para limpar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

limpar a bancada da cozinha

Como limpar a bancada da cozinha: cerâmica, pedra e inox

cocada de forno

15 receitas de cocada de forno deliciosas para experimentar