em

Vantagens do consumo de pequi

Essa fruta é muito popular e traz benefícios para a saúde
pequi

O pequi é uma fruta bastante popular na culinária brasileira, nomeadamente no Nordeste, no Centro-Oeste e no Norte de Minas Gerais. O seu nome curioso tem o significado de “pele espinhenta”: afinal, o seu caroço é repleto de espinhos.

O pequi tem uma dimensão de uma maçã com uma casca de tom verde: porém, por dentro, existe uma semente com uma polpa amarela e macia – aliás, é essa a parte comestível do fruto.

Composição nutricional do pequi

Lembramos que as vitaminas A e C são antioxidantes e que a última é até uma excelente aliada para fortalecer a imunidade e melhorar a absorção do ferro dos ingredientes com origem vegetal.

O pequi é igualmente riquíssimo em ácidos graxos monoinsaturados que conseguem diminuir a presença do colesterol ruim, impedindo o acúmulo de gordura no sangue: logo, evita alguns sérios distúrbios, como um infarto ou um AVC. De resto, o alimento possui muita fibra.

5 vantagens do pequi em estudo

1. Assegura a boa saúde do coração

Como já referimos, o pequi conta com vitaminas A e C, que, ao serem antioxidantes, diminuem as probabilidades de o colesterol ruim se oxidar, o que defende bastante o coração.

De resto, a junção entre minerais e vitaminas é boa para a tensão arterial, equilibrando a retenção de líquidos.

Além disso, o potássio auxilia no relaxamento dos vasos sanguíneos, o que é igualmente benéfico para a tensão arterial.

O biólogo César Koppe Grisolia, do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília, desenvolveu dois trabalhos para demonstrar as vantagens do pequi para o nosso coração.

O primeiro foi realizado em camundongos. Já o segundo envolveu 126 maratonistas que ingeriram a cápsula acompanhada por um óleo da fruta.

Depois de um conjunto de exames, se concluiu que aqueles que tomaram o fármaco sofreram menos problemas nas células, em comparação com aqueles que não tomaram.

2. Defende a visão

O fruto conta com bastante vitamina A, porque possui carotenoides, uns elementos que são precursores do nutriente.

Os carotenoides agem como um antioxidante para os olhos, evitando a degeneração macular e a catarata: ambos os transtornos costumam ser causados pelos radicais livres.

3. Evita o câncer

Pesquisas têm comprovado que um regime alimentar repleto de ingredientes antioxidantes, como o pequi, consegue evitar cânceres, porque age contra os radicais livres, uns elementos que originam a degeneração dos tecidos, além de mutações que podem causar um quadro de câncer.

4. Luta contra o envelhecimento precoce

Eis mais outro benefício dos ingredientes antioxidantes, evitando um envelhecimento da cútis e aumentando a elasticidade da pele.

5. Diminui os danos nas articulações dos atletas

O pequi é um anti-inflamatório poderoso: numa pesquisa com atletas, os voluntários passaram por um regime alimentar com uma elevada presença de pequi.

Os resultados foram surpreendentes: existiu uma diminuição na inflamação das articulações e dos músculos, um problema frequente depois de treinos intensos e demorados.

Dose recomendada de pequi

Não existe uma dose aconselhável diária.

Porém, o melhor é ingerir com moderação: afinal, conta com imensas calorias.

Contraindicações

Não existem contraindicações.

Contudo, devido às suas elevadas calorias, quem tem peso a mais ou pretende perder peso deve ingerir com precaução.

Perigos da ingestão a mais

Há o risco de aumentar de peso, por ser um alimento tão calórico.

Veja também: Como fazer conserva de pequi

Como ingerir

Existem dois elementos comestíveis: a polpa envolvente da casca e a castanha que se encontra no interior do caroço.

Consuma a polpa através das mãos, recorrendo aos dentes para raspar somente a zona com tom amarelo.

Assim que essa polpa ganhar um tom branco, surgem os espinhos, o que exige uma maior atenção.

Para comer a castanha, é necessário deixar o caroço secar ao longo de uns 2 dias e depois torrar. Só assim ficará própria para consumo.

Raramente a castanha é utilizada em receitas. Já o mesmo não acontece com a polpa, bastante usada em pratos salgados e de muitas formas: cozido, no frango, com peixe, no leite…

De resto, é frequente na preparação de doces e de licores.

Onde se pode adquirir pequi?

É fácil de encontrar no Centro-Oeste, no Nordeste e no Norte de Minas Gerais, além de mercados especializados em outras zonas brasileiras.

Saiba como conservar pequi, com esse vídeo:

Compartilhe essa matéria com os seus amigos e familiares!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

como consumir kefir corretamente
Como consumir kefir: saiba as melhores maneiras de ingerir esse alimento
Linhaça e queijo são base de dieta anticâncer