em

Quais os sintomas e tratamentos para a paralisia de Bell

Os médicos ainda não sabem dizer exatamente o que causa essa paralisia facial

Paralisia de Bell
Crédito: Pixabay

A paralisia de Bell, também conhecida como paralisia facial periférica, é uma infecção que afeta o nervo facial responsável por controlar a musculatura do rosto. Ou seja, quando isso acontece o nervo para de funcionar completamente ou parcialmente, fazendo com que um lado do rosto fique “caído” e imóvel, tornando impossível contrair o rosto do lado afetado.

Causas da paralisia facial de Bell

Os médicos não conhecem sua causa exata. Na maioria dos casos, o episódio tem uma relação com infecções virais, pois essas infecções podem inflamar o nervo facial. Os vírus mais comuns ligados à paralisia são o da herpes (labial ou genital), herpes-zoster, mononucleose, varicela, rubéola e influenza B. Pessoas que sofrem de diabetes, estão com infecção renal ou grávidas possuem mais chances de desenvolver a doença.

Sintomas

O principal sintoma da paralisia de Bell é a fraqueza da face, que geralmente afeta apenas um lado do rosto. A fraqueza ocorre de forma súbita e demora poucas horas para se instaurar.

Os primeiros sinais da fraqueza incluem dificuldade em mover um lado do rosto, não ser capaz de fechar o olho, não conseguir assobiar ou enrugar a testa e dificuldade de mastigar do lado afetado.

Outros sintomas podem incluir dor de cabeça ou atrás da orelha, dormência do lado afetado, sensibilidade ao som e diminuição do paladar.

Tratamentos

paralisia de bell tratamentos
Crédito: Freepik

Não existe um procedimento padrão para tratar a paralisia de Bell, visto que a escolha do tratamento depende da extensão do dano no nervo facial, a idade e as condições clínicas do paciente. Os métodos mais utilizados são os tratamentos com medicamentos e fisioterapia.

Medicamentos

Os médicos costumam receitar medicamentos corticoides para reduzir a inflamação do nervo facial. Medicamentos antivirais são prescritos se a causa da paralisia for um vírus, já que muitas vezes a causa é o vírus da herpes.

Além disso, analgésicos como paracetamol e ibuprofeno também podem ser prescritos para aliviar a dor na face, assim como colírios para lubrificar os olhos.

Fisioterapia

Como os músculos da face ficam paralisados e contraídos, eles podem encolher e diminuir permanentemente. Mas com os exercícios e as massagens da fisioterapia, os músculos faciais se recuperam e assim evitam complicações futuras.

Cirurgia

Hoje em dia uma cirurgia de de descompressão, para aliviar a tensão sobre o nervo facial, não é mais utilizada. Mas em casos raros, quando o dano causado é permanente, a cirurgia plástica pode corrigir os problemas. A aplicação de botox também é uma alternativa de tratamento, pois ajuda a relaxar os músculos.

Tem cura?

A maioria dos pacientes consegue se recuperar sem nenhum tratamento. Mas aqueles que recorrem ao tratamento durante as três primeiras semanas têm uma recuperação mais rápida e com um menor risco de complicações permanentes.

Assim, a recuperação total do paciente pode levar de 2 meses a 1 ano. Porém algumas pessoas podem sofrer com a paralisia durante toda a vida. Isso de uma forma mais leve, com um grau de fraqueza facial quase imperceptível.

melhores receitas de batata frita

10 Receitas de batata frita crocante e no forno para provar

Manicure cria trono

Manicure cria trono para clientes e evita dor nas costas