em

Otite: tire todas as suas dúvidas sobre essa inflamação no ouvido

Neste artigo você vai ver quais são as causas da otite, sintomas, tratamentos, prevenção e dicas para aliviar a dor.
otite
Designed by Freepik

É muito comum que a otite aconteça nas crianças, principalmente entre os seis meses e três anos, mas também acontece em pessoas de todas as idades e por um conjunto de causas.

Antigamente, qualquer dor de ouvido era tratada em casa com receitas de família, porém, como hoje sabemos que existem muitos outros problemas de ouvido com o mesmo sintoma, vale a pena saber o que é, como diagnosticar, tratamentos e dicas para aliviar a dor.

Aqui você encontra:

O que é otite?

A patologia é a inflamação que acontece em qualquer parte da orelha: externa, média, interna ou na tuba auditiva. Ela é primeira suspeita quando alguém sente dor de ouvido sem ter sofrido alguma lesão na área da cabeça e pescoço.

Sua forma leve é tratada de maneira fácil, especialmente quando o tratamento começa logo que os sintomas começam a aparecer. Mas se as dores persistirem é fundamental consultar um clínico geral ou um otorrino.

Tipos de otite

Esta doença apresenta diferentes padrões, então para que o médico faça um diagnóstico mais preciso, ela é dividida por tempo de duração.

Como na maior parte dos casos o tratamento faz efeito em pouco tempo. Aqueles que demoram mais para passar necessitam de outro tipo de intervenção:

Otite aguda

O tempo de duração da doença aguda fica entre duas semanas e ela é bem esporádica. Mas se acontecer mais de quatro vezes em um mesmo ano é chamada otite de repetição, que é quando o muco e o líquido do ouvido não são drenados naturalmente, dando início a uma nova infecção.

Otite crônica

O tempo de duração da versão crônica é de quatro semanas ou mais. Porém, é melhor procurar um médico antes desse tempo, se perceber que as dores estão frequentes. Isso quer dizer que a infecção está piorando e causando mais dor.

Além do tempo de duração a otite é dividida pela causa:

  • Otite da orelha externa: acontece por algum tipo de lesão direto a orelha.
  • Otite da orelha média: acontece por algum problema que começou no nariz.

Veja mais detalhes a seguir.

Causas e sintomas

Conhecendo as causas e sintomas da otite você consegue detectar em casa o que está sentindo ou o que a criança está sentindo e ir ao médico o quanto antes.

Ele vai fazer perguntas sobre situações que possam ter desencadeado o problema e analisar se os sintomas são os característicos da otite:

Causas

A otite é causada quando algum tipo de vírus, bactéria ou fungo entrou em uma das partes da orelha e começou a infeccionar.

No caso da otite da orelha externa, esses micro-organismos têm acesso à orelha quando ela não é bem seca, com excesso de limpeza que pode causar feridas, por objetos introduzidos no ouvido que podem machucar ou empurrar a cera para dentro demais.

Por causa do excesso de umidade na orelha a doença é bastante recorrente no verão, quando as pessoas (principalmente crianças e adolescentes) passam muito tempo no mar ou na piscina. Também é comum em nadadores e mergulhadores.

No caso da otite da orelha média, ocorre quando um vírus ou bactéria entra pela tuba auditiva quando ela está com muco acumulado na parte que liga o ouvido ao nariz, como acontece na gripe.

O vírus que está na tuba sobe até o ouvido e causa infecção com acúmulo de pus. Além da gripe, a otite média pode acontecer como consequência de alergia, resfriado, infecção respiratória, faringite, sinusite ou rinite.

Sintomas de cada tipo de otite

A dor de ouvido é o sintoma principal de qualquer tipo de otite, e os demais sintomas variam conforme a idade, a causa e o estágio da infecção, podendo ser:

  • Otite externa: coceira na orelha, dor forte no ouvido, secreção do ouvido, dificuldade para ouvir ou perda auditiva temporária, calor, vermelhidão e inchaço no canal auditivo.
  • Otite média: além da dor pode haver sensação de pressão no ouvido, inchaço da parte interna no nariz, aumento da produção de muco, zumbido no ouvido, febre, inchaço e vermelhidão no tímpano (examinado pelo médico).
  • Crianças: na criança que não consegue explicar o que está sentindo, os responsáveis devem notar se ela puxa a orelha com muita frequência, fica irritada, não quer comer, chora quando encosta na orelha, tem sono agitado e secreção saindo da orelha.

Como tratar otite?

A otite é um problema curável com tratamento médico, normalmente feito com analgésicos para dor e anti-inflamatórios para tratar a infecção. Quando a causa é por bactérias o médico pode prescrever antibióticos.

Se o problema está no início e bem leve, com dores esporádicas, quando elas ocorrem pode fazer compressa com uma toalha limpa umedecida em água morna e colocar sobre a orelha, tomando cuidado para não queimar e para nenhum pingo água cair lá dentro.

Quanto aos tratamentos caseiros, evite qualquer receita caseira que diga para pingar alguma coisa no ouvido. O melhor mesmo é fazer as compressas mornas, tomar chás e cuidar para só limpar a orelha com o dedo envolto em uma toalha, sem usar cotonetes ou qualquer outro objeto.

Também é recomendado proteger os ouvidos do frio e da água usando protetores auriculares ou bolinhas de algodão na parte externa.

Receita caseira

Alguns métodos caseiros podem, contudo, ajudar a aliviar a dor de ouvido. Principalmente quando feitos com cuidado, como por exemplo, com alho e azeite.

O passo a passo da receita, divulgada pelo canal Tua Saúde, é o seguinte:

1. Esmague um dente de alho e coloque para aquecer junto de uma colher de sopa de azeite.

2. Quando a mistura estiver morna, molhe um pedaço de algodão, esprema bem e coloque na orelha, na parte da entrada para o ouvido, sem empurrar.

3. Deixe agir por vinte minutos e repita três vezes ao dia. Durante esse intervalo deve-se evitar pegar vento.

As dicas deste artigo não substituem uma consulta ao médico. Quando perceber sintomas da otite, agende uma consulta com o clínico geral, pediatra (para crianças) ou otorrino. Mantenha os cuidados recomendados para prevenir a otite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
fungos nas unhas
Fungos nas unhas: aprenda a identificar, tratar e prevenir
labirintite
Saiba tudo sobre labirintite: das causas ao tratamento