em

O que pode ser ou significar olho tremendo?

Na maioria das vezes, o olho tremendo não é grave, mas se persistir por muitos dias é preciso procurar um médico.
olho tremendo
Crédito: Unsplash

Você já teve uma sensação estranha do olho tremendo ou pulando? Apesar de incômodo, na maioria das vezes o tremor passa rapidamente e não indica nada grave, apenas uma reação involuntário do corpo ou até cansaço. Porém, existem casos mais graves, em que o paciente pisca sem parar em decorrência de outros problemas. Conheça os principais motivos para o tremor nos olhos e saiba como lidar.

Porque sinto meu olho tremendo?

Imagine que você acabou de fazer uma série de exercícios para as pernas. Se tiver forçado um pouco mais do que o normal pode sentir como se o músculo vibrasse e talvez seja até difícil manter a perna parada.

O olho tremendo funciona da mesma forma. No geral, indica cansaço quando você passa muitas horas acordado ou teve uma péssima noite de sono. Os músculos oculares vão enfraquecendo depois de tanto tempo na ativa e começam a pular como sinal de que é hora de parar um pouco.

Normalmente a pálpebra inferior de apenas um olho é afetada, embora possa acontecer de ambas as pálpebras (inferiores e superiores) tremerem. Uma boa e relaxante noite de sono dá conta do problema.

Se a situação não se resolver dessa forma, significa que o motivo do olho tremer é outro. Veja as hipóteses.

Problemas emocionais

Quando o corpo se encontra em situação de estresse e de ansiedade, libera hormônios na corrente sanguínea que adentram o sistema nervoso central. Com isso, ocorre a contração das pálpebras, que começam a pular involuntariamente. Isso gera aquele famoso tique nervoso nos olhos, em que o paciente pisca sem controle.

A melhor forma de cessar o problema é encontrar a causa do estresse e resolver a situação, além de encontrar uma atividade relaxante como válvula de escape para equilibrar a produção e liberação de hormônios.

Má alimentação

A ausência de certas vitaminas e minerais interfere diretamente nos músculos, pois danifica os nervos e gera contrações involuntárias. Idosos com mais de 65 anos têm mais chances de sofrer desses espasmos, assim como vegetarianos e veganos, pois a deficiência de vitamina B12 é prejudicial aos músculos. A ingestão insuficiente de água também deixa os músculos mais fracos e desidratados.

Cansaço visual

Sua mãe já deve ter dito para sair do computador ou para não ler no escuro porque ia “cansar a vista”. E é verdade, pois quando os músculos oculares precisam se esforçar demais para focar em objetos acontece o chamado cansaço visual.

Consequentemente, você sente o olho tremendo. O uso de óculos com grau inadequado ou a ausência de óculos de grau também pode gerar esses tremores.

Olho seco e problemas de visão

As causas para a secura nos olhos são diversas e o problema pode ser temporário ou não. Nesses casos, os tremores são uma tentativa do corpo de lubrificar os olhos

O uso contínuo tablets, smartphones e notebooks por muito tempo força a vista e faz com que o olho resseque e trema. O clima seco, o uso de lentes de contato, o consumo de medicamentos anti-histamínicos e até a idade também interferem.

Consumo excessivo de cafeína e álcool

Energéticos, bebidas alcoólicas, cafeína e cigarro deixam o organismo em alerta e favorecem a desidratação, gerando secura e tremores numa tentativa de hidratar os olhos.

Uma forma de driblar o problema, além de reduzir as quantidades, é beber um copo de água entre uma taça de vinho ou uma xícara de café e outra.

Doenças mais graves

Se nenhuma das alternativas responde os motivos do olho tremendo pode ser que o problema seja mais grave.

Infecções e inflamações oculares, além de problemas nos nervos do rosto e até de fundo neurológico devem ser tratados com cautela e acompanhamento médico.

Um exemplo é a síndrome de blefaroespasmo, na qual boa parte das fibras musculares é comprometida e o paciente pisca sem parar por dias, semanas e até meses. A aplicação de botox é a única forma de cessar o problema.

Olho tremendo na gravidez

espasmos nos olhos
Crédito: Unsplash

Como foi dito, a ausência de vitaminas e minerais essenciais para a saúde pode provocar os espasmos involuntários nos olhos, principalmente durante a gravidez, quando pode ocorrer deficiência desses nutrientes.

O estresse e a ansiedade pelas questões da gestação também podem interferir no olho tremendo. O ideal é consultar o obstetra e relatar o problema. Se necessário, ele encaminhará a paciente ao oftalmologista.

Quando devo procurar um médico?

Se o sintoma persistir por mais de uma semana já é necessário consultar um oftalmologista. Outros sinais de que o problema pode ser mais grave incluem:

  • Pálpebras caídas e/ou completamente fechadas durante os tremores;
  • Tremor em outras partes do corpo;
  • Paralisação de músculos faciais durante os tremores;
  • Vermelhidão, inchaço ou coceira da pálpebra.

Como interromper o problema

São diferentes causas para o tremor nos olhos, portanto as soluções também são variadas. Confira.

Melhore a alimentação

Potássio, magnésio e vitaminas do complexo B, principalmente a B12, são essenciais para a condução elétrica e contração muscular.

A B12 está presente em peixes gordurosos, leite, ovos e fígado, enquanto o magnésio pode ser encontrado em verduras escuras, nozes, sementes, grãos e derivados.

O potássio está presente na banana, batata, feijão, cogumelo branco, abacate, carnes magras e peixes.

Use colírios e lave os olhos

Quando o clima estiver muito seco ou depois de passar muito tempo lendo um livro ou pesquisando na web aplique algumas gotas de colírio prescrito pelo oftalmologista para hidratar os olhos.

Quem usa lentes de contato deve fazer o mesmo ao longo do dia para manter os olhos lubrificados. Depois de tira-las é bom lavar os olhos com água fria.

Aplique gelo

Se o problema estiver incomodando demais faça compressas de gelo para anestesiar o músculo e cessar os espasmos. Mas cuidado: em caso de continuidade por muitos dias é necessário consultar um médico.

Beba água

A desidratação contribui para o enfraquecimento da fibra muscular e olho tremendo. Beba pelo menos um litro e meio de água por dia, principalmente em dias secos e quentes e durante o consumo de álcool e cafeína.

Procure um especialista

O ideal é procurar atendimento médico especializado, principalmente se o problema persistir por vários dias. O oftalmologista ou clínico geral será capaz de avaliar se você precisa aumentar o grau dos óculos, melhorar a alimentação ou consultar um psiquiatra para lidar com questões emocionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

Comentários

comentários

anti-inflamatório
Anti-inflamatório: saiba tudo sobre esse remédio
receita brigadeiro de cenoura
Receita de brigadeiro de cenoura: passo a passo