Óleo queimado é repelente para cupins
Crédito: Freepik
em

Óleo queimado é repelente para cupins?

Uma boa forma de reaproveitar óleo queimado e ainda acabar com os cupins, mas tem que saber onde aplicar

Você já ouviu falar que óleo queimado é bom para eliminar os cupins? Pois saiba que é verdade, porém com ressalvas. Ele até ajuda a espantar a praga, mas tem que ter alguns cuidados importantes. Entenda melhor o que é e como usar.

O que é o óleo queimado?

O óleo lubrificante usado ou contaminado (nomenclatura correta para óleo queimado) é o que sobra quando você faz a troca de óleo do carro. Ele é altamente poluente e deve ser direcionado a um local de coleta, como alguns postos. A partir de lá, ele pode ser rerrefinado, ou seja, processado novamente para ser usado pelo seu carro. Dessa forma, protege o meio ambiente e ainda reduz o custo do produto.

Funciona como repelente?

Sim, o óleo queimado é um ótimo repelente para cupins, com um porém. Ele só impede que a praga se instale na madeira tratada, porém não mata os que já estão nela. Além disso, não evita que o móvel vizinho seja contaminado. Ele deve ser aplicado com cautela e somente em móveis internos e que não tenham contato com o solo desprotegido. Isso porque seus riscos são muitos para o ambiente.

É seguro?

Infelizmente não é um método muito seguro, pois se entrar em contato com a terra, pode contaminar seriamente o lençol freático. Também contém aditivos em altíssima concentração, sendo tóxico para pessoas e animais. Só para você ter uma ideia, existe um manual que mostra que ele possui “dioxinas, ácidos orgânicos, cetonas e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos. Além disso, o óleo lubrificante usado ou contaminado contém diversos elementos tóxicos (por exemplo cromo, cádmio, chumbo e arsênio)”.

Então, talvez a melhor opção seja levar o óleo queimado para rerrefino e tratar seus móveis com produtos mais adequados. Assim, evita riscos para você, seus animais, sua família e até o meio ambiente.

Veja também:

Dicas de organização para ter uma cozinha

9 Dicas de organização para ter uma cozinha com tudo no lugar

rabanada com vinho tinto

Rabanada com vinho: 3 receitas para diferenciar e surpreender na ceia