em

Nefrologista: Quando você deve consultar esse médico?

Se você nunca consultou esse especialista, provavelmente nunca deve problema nos rins. Saiba mais sobre a nefrologia.

nefrologista
Designed by Freepik

Já ouviu falar em médico nefrologista? A nefrologia é a especialidade médica que estuda, diagnostica, trata e orienta sobre a prevenção de doenças do sistema urinário, com especial atenção aos rins.

Diferentes doenças podem se desenvolver por causa do mau funcionamento dos rins, bem como podem desencadear problemas em outras partes do corpo ligadas diretamente a estes órgãos.

Veja como os rins funcionam, quais doenças decorrem do seu funcionamento defeituoso e os exames realizados como apoio ao diagnóstico.

O que faz um nefrologista?

O nefrologista o médico especializado em nefrologia que vai efetivamente diagnosticar e tratar as doenças do trato urinário e rins.

Quando procurar um nefrologista?

A partir dos 40 anos de idade é recomendado visitar o nefrologista uma vez ao ano, quando fizer seu check-up. Ele vai pedir exames de dosagem de creatina no sangue e exame de urina.

Os pacientes que devem visitar o nefrologista com mais frequência são os diabéticos, hipertensos, que têm pedra nos rins, histórico familiar de doenças renais e que tem histórico de infecção urinária na infância. Muitas vezes também, elas podem vir encaminhadas por um urologista.

Observe os sintomas abaixo para saber quando é hora de consultar um nefrologista:

  • Alteração na urina: seja no jato, que pode ficar mais fino e sem força; sentir dor, ardência ou mau cheiro na urina;
  • Mudança de cor da urina: quando a urina muda de repente de um amarelo claro para uma coloração escurecida e também quando tem muita espuma.
  • Exame de urina: que mostrem presença de proteínas, glicose, pus, sangue ou bactérias;
  • Inchaço: nas mãos, pés ou olhos;
  • Dor na lombar: junto com escurecimento da urina;
  • Cólica: com o sem eliminação de cálculo (pedra do rim) pela urina;
  • Pressão alta: mesmo com medicação controlada;
  • Anemia: que não está resultando ao medicamento com ferro.

Doenças renais

Você sabia que os rins regulam a pressão arterial? Suas outras funções são filtrar o sangue em seu interior e descartar as substâncias inúteis através da urina, o que faz eliminar toxinas. Eles também controlam a água e o sal que há no corpo e produzem hormônios.

Portanto, uma doença no rim envolve muitas funções do organismo e por isso elas precisam de diagnóstico e tratamento logo que perceber algum sintoma.

Infecção urinária

O primeiro deles, na maior parte dos casos, é a infecção urinária. Se começou do nada, sem você lembrar de algum hábito que mudou na sua rotina, fique de olho caso apareça infecção urinária e vá ao médico para tratar.

Cálculo renal

O cálculo renal são as pedrinhas que se formam nos rins quando não há líquido o suficiente no organismo.

Anemia

A anemia pode surgir como um aviso de que o rim está doente. Ela é o primeiro sinal da falência renal.

Diabetes e lúpus

Essas duas doenças prejudicam muito os rins e podem gerar complicações como a pressão alta que pode gerar insuficiência renal.

Síndrome nefrítica

Esta doença evolui junto com a pressão alta, provocando inchaço. Ela é a inflamação dos vasinhos que formam os filtros dos rins, o que faz passar sangue pela urina.

Síndrome nefrótica

É quando os rins começam a eliminar proteína. Isso ocorre quando há um distúrbio nos vasinhos que formam o filtro dos rins, como se houvesse um furo na peneira que deixasse passar proteínas.

Exames renais

Os principais exames solicitados pelo nefrologista são:

  • Clearance de Creatinina: é o exame que mede a taxa de filtração de sangue pelos rins;
  • Ureia: o exame analisa se há elevação dos níveis de ureia no sangue, o que pode significar que os rins não estão funcionando conforme deveriam.
  • Urina tipo 1: esse exame fornece informações sobre a saúde dos rins e de demais sistemas do corpo;
  • Urocultura: esse exame de urina detecta a presença de bactérias, o que não é normal. Nesse caso o paciente pode estar com infecção urinária;
  • Proteinúria de 24 horas: esse exame mede a perda de proteínas pela urina durante o período de 24 horas. O resultado precisa de atenção se mostrar perda superior a 150 microgramas.
  • Biópsia renal: é realizada uma punção com agulha através da qual é retirada uma minúscula parte do rim para análise das suas características.
  • Ultrassom dos rins e vias urinárias: esse exame é muito importante em uma avaliação renal. Ele mede o tamanho dos rins, detecta a presença de pedrinhas, cistos ou dilatação nas vias urinárias.

Dica: Previna-se de doenças renais

Valorizar a sua qualidade de vida é sempre a melhor forma de prevenir qualquer doença. No caso das doenças renais, é recomendado beber 2 litros de água ao longo do dia, reduzir o sal na comida, reduzir o consumo de carboidratos e aderir à prática de exercícios físicos.

Veja 5 alimentos que ajudam a limpar os rins:

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0

Comentários

comentários

reumatologista

10 Doenças comuns que todo reumatologista trata

especialidades médicas

Especialidades médicas: em qual tipo de médico devo ir?