em

Mulher traída pelo marido torna-se freira e empreende de forma inusitada

Produção de maconha feita por mulher traída pelo marido gerou um grande negócio nos EUA
mulher traída pelo marido
Crédito: With Love Magazine

Seu império naturalista começou com uma catástrofe na vida pessoal, que normalmente resultaria em muitas lágrimas e lamentações. Christine Meeusen, também conhecida como Irmã Katie, tinha uma vida estável e confortável na Georgia, nos EUA, até que passou a ser uma mulher traída pelo marido.

Antes da traição acontecer, ela estava apaixonada, deixou tudo para trás e foi morar com ele, em Amsterdã, na Holanda. Viveram muitos anos juntos e construíram uma família. Lá, tinham casa, bens, mais de 800 mil euros no banco e 3 filhos. O choque veio quando ela descobriu a traição do seu marido, tendo sua trajetória contada em um livro e num documentário.

O que aconteceu com a mulher traída pelo marido

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Sisters of the Valley (@sistersofthevalley) a

Em 2005, Christine abandonou tudo, ao descobrir que o seu marido já era casado e que tinha outra família, levando seus bens e todo o dinheiro que construíram juntos. Voltou então para sua terra natal, Georgia, para recomeçar, mas não imaginava que em pouco tempo, construiria um império alternativo.

Chiclete de maconha: uma solução medicinal para portadores de fibromialgia

Ela criou o projeto “Irmãs do Valley”, mais conhecidas como “freiras da maconha”. Sua produção fica em Central Valley, na Califórnia, uma região famosa por sua produção diversificada, de onde vem 50% de todo o cultivo dos EUA. Lá, elas plantaram diversos pés de maconha, com fins medicinais.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Sisters of the Valley (@sistersofthevalley) a

Freiras que plantam maconha

Autoproclamadas freiras, elas afirmam não ter religião e que a santíssima trindade do grupo é o cânhamo, o tipo de maconha que cultivam e transformam. Elas adoram e agradecem a mãe terra, plantando de acordo com ciclos lunares e colhendo ou produzindo de forma ritualística.

Conheça os benefícios e como usar o óleo de cânhamo

De acordo com a descrição do site da empresa, elas fazem “produtos para as pessoas em um ambiente espiritual. Respeitam a amplitude e profundidade dos dons da Mãe Terra e trabalham duro para preencher a lacuna entre ela e seu povo sofredor”.

O cânhamo, tipo de erva utilizada para produzir seus cremes, pomadas, extrato e outros, tem uma quantidade menor de elementos alucinógenos, o Tetrahydrocannabinol (THC). Ao invés disso, tem uma boa quantidade de canabidiol, ou CBD, sendo utilizado como medicamento para diversas doenças.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Sisters of the Valley (@sistersofthevalley) a

Para se tornar uma freira da organização, basta estabelecer uma relação comercial, que envolve um salário e comissões sobre o crescimento. Tem que concordar também com as regras e valores da mesma. A empresa teve um faturamento de U$ 750 mil no ano anterior, estando cada vez maior e mais lucrativa.

Composto de maconha ajuda a retardar efeitos do Alzheimer

Atualmente, está enfrentando alguns problemas com a legislação da Califórnia, que discute a quantidade de canabidiol que se encontra em seus produtos. De acordo com as freiras, não passa dos 0,3% permitidos, mas ainda assim tiveram todo o seu estoque confiscado, de forma rude, como foi dito por uma delas.

Seja como for, essa mulher traída pelo marido certamente conseguiu dar a volta por cima. Veja mais nesse vídeo:

máscara removedora de cravos
Como fazer máscara removedora de cravos em casa
Sopa de abóbora: as melhores receitas para experimentar em casa