quase perdeu o dedo na manicure
Crédito: Divulgação Facebook
em

Mulher quase perde dedo depois de ir à manicure

Toda a parte superior do dedo, perto da unhas, criou uma bolha cinza que doía muito, mesmo com tratamento

Você já ficou com o dedo dolorido por causa de um bendito bife tirado pela manicure? Saiba que você passou bem perto de correr o mesmo risco dessa mulher. Quando se está tirando a cutícula e fere o dedo, há grandes chances de contaminação. Porém, o caso é ainda mais grave quando isso acontece em um salão de beleza.

Infelizmente, nem todo salão tem a política de esterilizar seus equipamentos. Dessa forma, um alicate utilizado por uma pessoa, pode acabar sendo usado em outras também. Isso aumenta muito a chance de contaminação, que foi o que ocorreu com essa norte-americana. Apesar de quase ter perdido o dedo, ela deu sorte por não ser uma hepatite.

Entre as doenças mais comuns encontradas em manicures compartilhadas, estão as hepatites B e C, além de fungos e bactérias. Porém é possível evitar, se tomar alguns cuidados:

  • Leve seu próprio equipamento para o salão, incluindo toalhas;
  • Peça para que a manicure use luvas descartáveis, para a proteção de ambas;
  • Se for usar a bacia para mãos ou pés, peça que coloque a proteção descartável;
  • Veja se o salão segue o manual de cuidados necessários.

Ela quase perdeu o dedo por causa do descuido do salão

Sonnie Noble fez um post no Facebook, replicando o que tinha visto em um grupo da rede social. A mulher que passou pela situação, que ela não identificou em seu post, afirmou que já fazia há anos e que sabia que a higiene não era lá grande coisa. Era o atendimento cordial que a conquistava, além dela nunca ter desenvolvido nenhum tipo de problema – até então.

Ela conta que foi ao salão colocar suas unhas postiças, como de costume e uma semana depois, a ponta do dedo estava inchada e doendo muito. A coisa ficou tão séria, que ela teve que correr para a emergência à noite, onde ficou durante todo o dia. Voltou para casa com antibióticos e uma consulta marcada para o final da semana.

O problema é que, já na quarta-feira, não somente a dor estava incontrolável com os remédios indicados, mas também o inchaço piorava. Ela voltou então para a emergência, onde recebeu o aviso de que teria que fazer uma cirurgia.

No dia seguinte ela foi internada e ficou sem comer nada, para fazer a cirurgia no dia seguinte. Nesse meio tempo a lesão já tinha atingido toda a parte superior do dedo e, antes do procedimento, a lesão rompeu e derramou líquido da infecção por toda a mão.

Depois da cirurgia, ela passa bem e a infecção está controlada, porém a dor e sofrimento que ela sentiu durante esses dias não foram esquecido. Ela agora está deixando a unha crescer naturalmente e vai fazer em casa mesmo, sem a necessidade de acompanhamento em salão.

Mais economia e segurança, sem dúvidas. Porém, não há problema em ir ao salão, caso você tome os cuidados mencionados no início do texto. Assim, evita-se a propagação da hepatite e ainda deixa as unhas lindas e saudáveis.

frango ao curry

Frango ao curry: 9 receitas fáceis para perfumar a casa e se deliciar

receitas de tempero caseiro de alho

Como fazer tempero caseiro de alho: 8 versões fáceis para o dia a dia