em

Mulher estuprada pelo namorado grava confissão escondido

O que caso aconteceu em 2017 voltou à mídia recentemente, pois a mulher finalmente conseguiu justiça

mulher estuprada pelo namorado
Crédito: Freepik

O estupro, além de uma ação repugnante, é uma situação terrível para a vítima. Os traumas que podem ser causados depois de uma situação dessas podem ser irreparáveis para a pessoa que sofreu o abuso. Um caso que aconteceu em 2017 voltou à mídia recentemente pois a mulher estuprada pelo namorado finalmente conseguiu justiça. Acompanhe.

Relacionamento abusivo: como reconhecer um e o que fazer

História da mulher estuprada pelo namorado

Jade Bailey-Reeks, uma jovem de apenas 21 anos, foi estuprada pelo seu namorado. O homem, seu namorado da época, Haydon Davis-Patton, de 23 anos, atuou enquanto ela dormia, depois do trabalho. A jovem Jade percebeu que havia sido estuprada depois de acordar seminua.

O episódio, que aconteceu em Newcastle, na Inglaterra, foi muito chocante para a família e amigos de Jade. Ela, que trabalha como cuidadora, foi atacada depois de dois turnos em seu trabalho, que a deixou muito cansada. Assim que chegou a cama, dormiu profundamente.

mulher estuprada pelo namorado
Crédito: North News & Pictures Ltd

Jade conta que eles dividiram uma cama de casal naquela noite, porém ela dormiu longe dele, pois, até a ocasião, não havia tido nenhuma relação sexual. Ela diz que não teve, pois não queria e que o relacionamento existia a pouco tempo.

De acordo com o relato, ela dizia: “Eu não tinha certeza do quão sério tudo aquilo era, mas não conseguia pensar em outra coisa. (…) Depois do que aconteceu, ele tentou me convencer de que não tinha problema. Que era normal, que homens fazem isso o tempo todo. Hoje eu sei que não foi ok. Foi estupro”.

Depois do ocorrido, ela estava com dúvidas se a polícia iria considerar o ato como estupro, já que estavam em um relacionamento. Porém, quando Haydon apagou as mensagens no celular de Jade que discutiam o acontecido, ela teve a certeza de que era sim um caso de polícia.

Veja também: o que é violência silenciosa e como acabar com ela

Por não ter provas contra Haydon, Jade fez uma gravação escondida em seu celular do momento em que ele admitiu aquilo que o tinha feito. No áudio, é possível ouvir ele dizer “eu não sei porque fiz aquilo. Não tenho realmente nenhuma explicação”.

Jade então o questionou sobre a duração do ato e ele respondeu que durou cerca de um minuto. Ela então respondeu “eu não sei se é ok o que você fez enquanto eu dormia. Não sei, já que estamos juntos”. Ela procurou a polícia, e Haydon foi condenado. Ele pegou uma pena de quatro anos de prisão, além de uma ordem de restrição. Com isso, ele não pode sequer se aproximar de Jade.

andar e tão bom quanto correr

Você sabia que andar é tão bom quanto correr? E com menos riscos

açúcar demerara

Açúcar demerara: o que é e quais os benefícios para saúde