em

Mulher em coma há 14 anos dá à luz em clínica nos EUA

Caso de possível estupro está sendo investigado pela polícia americana. Clínica tem outras acusações de abuso
mulher em coma há 14 anos dá à luz em clínica nos EUA
Crédito: Reprodução/CBS

Uma clínica de tratamento para casos especiais voltado para doenças crônicas e deficiências, localizada no Arizona, Estados Unidos, está sendo investigada para descobrir o culpado pelo abuso de uma mulher em coma há mais de 14 anos.

Todos os funcionários do sexo masculino estão sendo contactados para a realização do teste de DNA, para saber quem foi o abusador e tomar as medidas legais cabíveis. Conheça a história.

Mulher em coma há 14 anos dá à luz

mulher em coma há 14 anos dá à luz em clínica nos EUA entenda
Crédito: ABC15 Arizona

O crime ocorreu na clínica Hacienda HealthCare, em Phoenix (Arizona). A vítima estava em coma há 14 anos e a família foi informada que ela tinha dado à luz um bebê saudável.

Nem os enfermeiros suspeitaram da gravidez, de acordo com os relatos do hospital. A vítima é uma jovem de 29 anos que pertence a uma tribo indígena localizada no sudeste do Arizona, a uma distância de 215 km.

Nem sempre seus familiares tinham condições de visitar a paciente, dada a distância e condições econômicas dos mesmos, facilitando assim o encobrimento da gestação.

Investigações

O chefe de polícia, Alejandro Benally, responsável pelo caso, disse que não irá medir esforços para encontrar o abusador e já solicitou exame de DNA em todos os funcionários do sexo masculino que tenham passado pela clínica nos últimos anos.

De acordo com os responsáveis pela clínica, eles continuarão cooperando com a investigação para encontrar o culpado, nesta situação perturbadora e “sem precedentes”, segundo eles. Os registros apontam o contrário: um banco de dados de reclamações mostra denúncias diversas, que nunca foram investigadas, desde 2013.

Um dos membros do conselho administrativo da Hacienda HealthCare, Gary Orman, afirmou que “não aceitará nada menos que uma responsabilização total desta situação absolutamente horripilante”, fazendo todo o possível para assegurar a segurança de pacientes e funcionários.

O advogado especialista em casos de abuso sexual e negligência médica, Martin Solomon, afirma que se deve solicitar os registros médicos de todo o tempo em que ela passou na clínica, com os atuais e antigos funcionários, bem como seus antecedentes criminais.

Para ele, mesmo que seja encontrado o abusador, a clínica também deve ser punida, pois é responsável pela segurança dos pacientes que lá se encontram internados, seja de pessoas de fora ou de dentro da mesma.

O que aconteceu até agora

Bill Timmons, CEO da clínica, pediu a renúncia ao cargo, que foi aceita de forma unânime. Ele já havia abafado um caso de comentários inapropriados por parte de funcionários.

O bebê está sendo tutelado pela família da jovem, de acordo com o advogado responsável pelo caso, John Micheaels, que diz que “a família obviamente está indignada, traumatizada e em choque pelo abuso e negligência de sua filha na Hacienda Healthcare. O bebê nasceu em uma família amorosa e será bem cuidado”. O caso ainda está em andamento e respostas devem ser dadas em breve.

Conheça também a história do bebê que ficou em coma por causa de um beijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
alimentos termogênicos
Lista de alimentos termogênicos
alimentos que aceleram o metabolismo
17 Alimentos que aceleram o metabolismo