em

Meu Deus!Meu Deus!

Coma causado por um beijo: bebê de oito semanas luta pela vida

Pais compartilham imagens dolorosas de enfermeiros lutando para salvar sua bebê depois que ela quase morreu por causa de um resfriado comum
coma causado por um beijo em bebê
Crédito: DailyMail

Os pais de uma menina de oito semanas compartilharam um vídeo comovente de seu bebê à beira da morte, quando um resfriado comum quase a matou. Eliza Hobbs passou cinco dias em coma induzido e precisou de reanimação cardiopulmonar quatro vezes depois que o resfriado se transformou em uma infecção grave no peito. E a história ficou ainda mais comovente após o coma causado por um beijo.

Entenda a história

coma causado por um beijo entenda
Crédito: DailyMail

Seus pais, Thomas Hobbs, de 27 anos, e Sophie Hobbs, de 23 anos, do Reino Unido, estão alertando as pessoas para que não beijem os bebês de outras pessoas após a terrível experiência.

A bebê foi levada às pressas para o hospital no início deste mês, quando Thomas acordou e a encontrou pálida em seu berço. Ele disse: “um beijo simples e adorável poderia ter matado nossa bebê”.

Thomas disse que Eliza tinha recentemente tido tosse e estava “fungando”, então levou-a aos médicos, que aconselharam que a levassem para casa e ficassem observando-a. Cinco dias depois, ele encontrou a criança sem vida em sua cama; ela não respondia de forma alguma.

coma causado por um beijo hospital
Crédito: DailyMail

“Eu fui vê-la e ela estava sem vida. Muito pálida e não estava respondendo. Eu sabia que havia algo realmente errado, então liguei para uma ambulância. Havia esse sentimento de medo e medo absoluto. Nós estávamos pensando que talvez fosse o fim para ela”, disse o pai.

“Quando chegamos ao hospital, ela foi colocada em uma pequena encubadora e em alto fluxo de oxigênio. De repente ela ficou azul e 20 médicos correram para sua volta. Naquele momento, pensamos que a havíamos perdido. Eles estavam realizando uma reanimação cardiopulmonar nela. Ela parou de respirar por cerca de um minuto, mas eles conseguiram trazê-la de volta”, conta Thomas.

coma causado por um beijo história
Crédito: DailyMail

Eliza foi transferida para outro hospital e foi colocada em coma induzido. Thomas conta que “eles estavam escutando seu peito e podiam ouvir as secreções. Eles tentavam descobrir se era uma infecção viral ou bacteriana. Só que não conseguiram identificar o resultado dos resultados e, portanto, afirmaram que era uma bronquite”.

A pequena bebê ficou em coma por cinco dias e, nesse período, foi preciso reanimá-la por quatro vezes, porque parou de respirar. “Poderia ter sido um resfriado sem importância, se fosse um adulto, mas se transformou em uma infecção maciça no peito que se tornou uma ameaça à vida”, disse Thomas.

Eliza conseguiu respirar sozinha antes de ser mandada para casa depois de passar sete dias na unidade de tratamento intensivo. O pai disse que “quando ela voltou, não conseguiu chorar. Parecia um gatinho ronronando por causa do inchaço em seu peito e em sua traqueia” e definiu que “trazê-la para casa foi incrível; ela é uma pequena lutadora”

coma causado por um beijo bebê
Crédito: DailyMail

Em suas redes sociais, a mãe, Sophie, conta: “eu quero tornar todos os pais conscientes, por favor, mantenham-se aquecidos no tempo frio e mantenha seus bebês aquecidos também. Eu só quero avisar todos os pais, pois é doloroso para mim e meu marido ver a nossa menina como está. Por favor, não deixe que outras pessoas beijem seu bebê”.

Não é a primeira vez que os pais advertem os outros sobre beijar bebês. O “beijo da morte” é o termo usado para descrever quando um bebê pega herpes neonatal de alguém com uma afta. A herpes neonatal é extremamente perigosa para os recém nascidos, porque seu sistema imunológico não é forte o suficiente para combater o vírus.

Fonte: DailyMail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
plantas para atrair o amor
5 Plantas para atrair o amor
Inteligencia Artifical pode prever quais pacientes precisam de tratamento de emergencia
Inteligência artificial pode prever quem precisa de tratamento de emergência