Mitos sobre pedras nos rins
Crédito: Freepik
em

Mitos sobre pedras nos rins pra você deixar de acreditar

As pedras nos rins são responsáveis por uma das piores dores que uma pessoa pode sentir

Publicidade

Também chamadas de cálculos renais, as pedras nos rins são pequenos cristais que se formam nos rins enquanto eles filtram o sangue. Às vezes os cristais são bem pequenos e saem junto com o xixi, sem dor. Por isso, o primeiro dos mitos sobre pedras nos rins é dizer que elas provocam dor em todos os casos. Mas, uma coisa é certa: se os cristais forem um pouco maiores ou se movimentarem para a bexiga, a dor será absurda, uma das piores que se pode sentir na vida.

Mitos sobre pedras nos rins: não acredite em tudo!

As pedras nos rins se formam quando a urina apresenta quantidades maiores de algumas substâncias, como cálcio e ácido úrico. Essas substâncias se agrupam e se transformam em pequenas pedras. Então, é verdade que comer muito sal e alimentos não saudáveis aumenta o risco de ter pedras nos rins. Mas, também existem muitos mitos sobre esse problema de saúde. Veja quais são.

Beber bastante água não ajuda com as pedras nos rins

Mito. É bem importante beber muita água ao longo do dia, pois o líquido ajuda a diluir e diminuir a concentração dos cristais sólidos de sais e minerais nos rins. Recomenda-se que um adulto consuma cerca de 2,5 litros de água por dia.

Tomar água durante uma crise ajuda a aliviar a dor

Mito. Não faça uma coisa dessas, pois vai piorar a situação. A água é bem importante para prevenir o cálculo renal, mas durante uma crise é melhor evitar tomar qualquer coisa. Os rins continuam filtrando a urina durante uma crise, mas não conseguem direcioná-la para as vias urinárias, já que os cálculos estão bloqueando a passagem. Quanto mais água beber, mais vai aumentar a dor.

Publicidade

Leite causa pedra nos rins

Mito. É comum ouvir pessoas dizendo que o leite aumenta o risco de pedra nos rins por causa do cálcio. Mas, só por consumir leite, não será motivo o bastante para a formação das pedras. Aliás, pode ser o contrário: se você não consumir cálcio o bastante, de forma equilibrada, vai diminuir a eliminação de oxalato, substância que compõe o cálculo renal. O segredo é consumir com moderação.

Muita vitamina C ajuda a eliminar cálculo renal

Mito. Veja bem, estamos falando do excesso de vitamina C. Se você consome mais vitamina C do que o necessário, o organismo não consegue absorver tudo. O fígado, quando metaboliza a vitamina C, produz oxalato de cálcio que é um dos componentes das pedras nos rins. Ou seja, muita vitamina C vai aumentar o risco de desenvolver as pedras.

Veja também: Dieta para pedra nos rins

Publicidade

Não precisa ir ao médico se as pedras saírem sozinhas

Mito. É importante ir ao médico urologista se começar a ter dores na região da bexiga. Nem sempre as pedras saem sozinhas e é preciso tomar remédio ou até fazer cirurgia para removê-las. Então, não deixe de ir ao médico saber a verdade sobre a situação, pois não é nada agradável ser pego de surpresa por essa dor.

Artigo com informações de Dr. Leonardo Ortigara – Urologista

Síndrome de Borderline

Síndrome de Borderline: características e tratamento

tipos de suci

Tipos de suco: como escolher o melhor para as suas necessidades?