fazer dieta para pedra nos rins
Crédito: Freepik
em

Dieta para pedra nos rins: veja o que pode comer e sugestão de cardápio

As pedras nos rins podem ser controladas a partir de uma análise sobre a sua composição

Quem já teve ou tem pedra nos rins, sente dor só de ouvir falar, e não é à toa. Essa é uma das piores dores que uma pessoa pode sentir. Conforme explica o Dr. Drauzio Varella, a pedra no rins, também chamadas de cálculo renal, é uma condição na qual se formam várias pedrinhas endurecidas dentro dos rins ou nas vias urinárias. Eles se formam por causa do acúmulo de cristais da urina, devido à sua composição. Esse problema precisa ser tratado, e uma parte essencial do tratamento é seguir uma dieta para pedra nos rins.

Veja também: hábitos que podem prejudicar os rins

Dieta para pedras nos rins – alimentos bons

cardapio da dieta para pedra nos rins
Crédito: Freepik

Quando se trata de pedras nos rins, não basta ir ao médico e começar o tratamento. É preciso expelir uma das pedras pela urina (sim, pode doer!) e levá-la ao médico para mandar fazer um exame em laboratório. É esse exame da composição da pedra que vai revelar do que ela é feita.

A pedra no rim pode ser de 4 tipos: de ácido úrico, de oxalato de cálcio, cistina ou estruvita. É a partir do diagnóstico que o médico irá prescrever o tratamento ideal, inclusive quanto à alimentação. Mas, para ter uma ideia, do que pode conter em uma dieta para evitar que novas pedras se formem, confira esse modelo de cardápio elaborado pela nutricionista Tatiana Zanin:

Dia 1

  • Café da manhã: 1 copo de suco de laranja + 1 tapioca com queijo
  • Lanche da manhã: 1 banana amassada com canela
  • Almoço/Jantar: 100 g de frango ao molho branco + macarrão integral + salada de alface, cenoura e milho
  • Lanche da tarde: 1 iogurte + 1 colher de aveia + pão integral com queijo

Dia 2

  • Café da manhã: 1 copo de leite + 2 fatias de pão integral com ovo
  • Lanche da manhã: 1 copo de suco verde com limão, couve, abacaxi e água de coco
  • Almoço/Jantar: 4 colheres de arroz + 2 colheres de feijão + 100 g de carne cozida com legumes
  • Lanche da tarde: 1 iogurte + 5 biscoitos integrais com requeijão

Dia 3

  • Café da manhã: 1 iogurte natural + 2 colheres de granola + 1 pedaço de mamão
  • Lanche da manhã: 1 laranja + 3 biscoitos integrais
  • Almoço/Jantar: 1 filé de peixe no forno + purê de batata + salada de couve refogada
  • Lanche da tarde: vitamina de abacate

O que deve evitar comer na dieta para pedra nos rins

Como viu antes, é preciso que o médico identifique a causa das pedras nos rins antes de iniciar o tratamento ou recomendar a melhor alimentação.

No caso das pedras estarem se formando por excesso de cálcio ou ácido úrico na urina, é importante equilibrar o consumo de proteínas e de cálcio. Também, é preciso cuidar com o sal.

Mas, não se pode apenas remover os alimentos com esses nutrientes da dieta, até porque eles estão em muitos alimentos e são essenciais para a manutenção da saúde. Por isso que é importante consultar um médico para identificar a causa das pedras e, depois, consultar um nutricionista para recomendar a dieta mais adequada.

No entanto, para ter uma ideia do que deve ser evitado, segue uma lista generalizada abaixo:

  • Almeirão;
  • Amendoim;
  • Batata-doce;
  • Beterraba;
  • Carambola;
  • Chá preto ou chá mate;
  • Embutidos como salsicha, linguiça, paio;
  • Escarola;
  • Espinafre;
  • Farelo de trigo;
  • Marmelada;
  • Nozes;
  • Pimenta;
  • Quiabo;
  • Ruibarbo;
  • Sal;
  • Salsinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
hortelã para o fígado

Hortelã para o fígado: conheça os benefícios e veja como tomar

gengibre faz mal para os rins

Gengibre faz mal para os rins? Veja como consumir no dia a dia