Crédito: Freepik
em

Meditação para crianças: benefícios e como fazer em casa

Entenda porque é importante ensinar meditação para crianças e a melhor forma, com o passo a passo

Você sabia que é fundamental ensinar meditação para crianças? Nesse artigo você ver quais são os principais benefícios dessa prática, além de ter um passo a passo para começar. Conheça também a escola estadunidense que substituiu o castigo pela meditação!

Meditação para crianças na escola

meditação para crianças escola
Crédito: CNN

Nas escolas tradicionais é comum, quando um aluno não se comporta bem, receber ameaças de castigos e punições por parte dos professores. Mas este método não é nada proveitoso nem eficiente! Na verdade, um aluno que é castigado não põe em prática nada interessante, nem se autodescobre com a punição.

Em Baltimore, nos Estados Unidos, existe uma escola que tem adotado um método bem diferente do tradicional. Na escola primária Robert W. Coleman querem que os alunos castigados meditem, serenem e reflitam. Em vez de uma sala oca e fria, existe um lugar com decoração feita de almofadas e luminárias para criar um ambiente propício à prática de atividades de meditação e respiração, para que o aluno possa acalmar-se e conversar sobre o decorrido.

Na verdade, esta sala é utilizada por todos os alunos, não só os que não revelam mau comportamento. Fazer ioga e meditação é já comum naquela escola! O silêncio e a tranquilidade que os alunos absorvem nesta sala de aula diferente são levados para casa.

Resultados deste método

Os pais dos alunos confessam que os filhos sugerem que se sentem e respirem quando estão mais nervosos. É o que garante Andres Gonzales, da fundação Holistic Life, com quem a escola trabalha. Este projeto educativo permite também que as crianças saibam mais sobre agricultura e ambiente, assim como usar uma forma holística de estudar e pensar.

Os resultados são claros – reduziram-se as taxas de suspensão, expulsão e punição, seja na escola, como em casa dos alunos. Este é um sistema escolar capaz de se adaptar às necessidades do aluno, de forma mais alternativa e eficiente, garantindo assim um futuro melhor para os adultos da sociedade futura.

Benefícios da meditação para crianças

De acordo com um estudo publicado pela Universidade do Estado de São Paulo (Unesp), a meditação é excelente para crianças, até mesmo as pequeninas. Eles fizeram uma pesquisa em uma escola, na turma pré-escolar, durante oito semanas. Os resultados foram surpreendentemente bons, melhor do que esperavam.

Entre os benefícios percebidos, estão a melhora da “atenção, memória, raciocínio e
do desempenho em tarefas. Além disso, ajudou no funcionamento psicossocial, com percepções reduzidas de estresse emocional e uma maior experiência de emoções positivas”. Ou seja, crianças mais tranquilas, felizes e saudáveis!

Esse resultado foi percebido em apenas 2 meses de prática, imagine durante toda uma vida. O grande segredo, de acordo com os pesquisadores, é o controle da forma de respirar, pois “as crianças são capazes de se autorregularem através da respiração”. Chamada também de respiração consciente, ela pode ser ensinada para crianças de várias idades, sempre com a técnica adaptada. Veja como fazer!

Como fazer

A primeira coisa que você precisa saber é que até a criança aprender e compreender a importância, você vai ter que ser paciente e persistente. Fazer o momento único e divertido é fundamental, então nada de cobranças pesadas. Lembre que muitas vezes até mesmo você tem dificuldade em ficar na mesma posição por muito tempo.

E falando em tempo, não espere meditações longas e chegar em estado alfa, beta ou gama! Para a criança, inicialmente, se está falando de 30 segundos a 2 minutos, no máximo. Com o passar dos anos, ela vai aumentando o tempo por si só, não precisa ter pressa, ok? Então, veja o passo a passo para um momento especial em família.

Passo a passo

  • Prepare o ambiente: a hora da meditação é especial, quando a criança vai ter um momento único consigo e com alguém que ela ama e confia. Além disso, deve ser um ambiente propício para o silêncio e acomodação. Então, reduza as luzes, coloque um aroma que relaxe (pode ser lavanda ou alfazema), uma música adequada e garantam que não serão interrompidos;
  • Escolha a música: a música vai fazer toda a diferença, acredite. Então, esqueça as modalidades new age ou clássicos mais vibrantes (como Beethoven, por exemplo). Adapte as músicas ao gosto da criança. Se ela gosta de Galinha Pintadinha ou alguma banda pop, certamente existe a versão instrumental, como essa aqui ou essa;
  • Explique o que é: adapte a linguagem e a quantidade de informações que a criança vai receber. O foco principal é nos benefícios, principalmente que vocês terão um momentos especial juntos;
  • Oriente a posição: não precisa ficar em posição de lótus para meditar! A criança pode ficar deitada em um tapete, sentada no chão com as costas na parede ou em uma cadeira confortável. O importante é que ela esteja a vontade. As mãos podem ficar em posição de oração (mais para ajudar a ocupar a mente com alguma coisa do corpo e ficar mais quietinha) ou sobre os joelhos;
  • Monitore a respiração: a respiração deve ser feita de forma consciente, ou seja, com atenção ao inspirar e ao expirar. O ideal é fazer a respiração abdominal, estufando não o peito ao inspirar, mas sim a barriga. Inspira pelo nariz e expira pela boca, sempre lentamente. Se a criança for muito pequena, pode ensinar a técnica do ‘cheirar a flor’ (inspirar) e ‘soprar a velinha’ (expirar);
  • Faça a finalização: ao terminarem os 30 segundos ou 2 minutos, vale um grande abraço e conversarem sobre como foi o momento, já deixando marcado o do dia seguinte.

2 Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Abraçar faz bem à saúde e evita doenças

Abraçar faz bem à saúde e evita doenças

Homens gostam mais de fofoca do que mulheres pesquisa

Homens gostam mais de fofoca do que mulheres, está provado!