em

Mães irritadas são mães ansiosas

Você é ou tem uma mãe muito irritada com tudo e isso causa frustração e tristeza em casa?! Esses sentimentos podem ser compreendidos e tratados. Veja como.

Definitivamente, ser mãe não é uma tarefa fácil. Ainda assim, algumas mulheres têm mais dificuldade em lidar com os problemas do dia a dia e acabam desenvolvendo uma ansiedade quase incontrolável. Como resultado, muitos sentimentos destrutivos: raiva e irritação, seguidas de frustração, tristeza e arrependimento.

Se você se identifica com esses sentimentos, saiba que não está sozinha. O primeiro passo para identificar um problema e começar a lidar com ele é o reconhecimento. Ser mãe é uma verdadeira aventura. Ora você fica extasiada com as meiguices dos seus filhos, ora deseja desaparecer. Tudo bem, é normal.

Especialmente para as mães modernas, que precisam lidar com jornada dupla ou tripla todos os dias, os níveis de ansiedade que desenvolvem são quase insuportáveis. Em algum momento a explosão toma conta e parece que não há como controlar. Aliás, todo momento de explosão parece um final de história, mas não é.

Depois que o “furacão mãe” passa, ficam os olhares tristes, a fraqueza e um ressentimento que talvez seja mais difícil de lidar do que a própria raiva expelida sobre os inocentes. Mas nenhuma mãe e nenhum filho merecem ir dormir com esse sentimento.

Todos em casa devem conversar sobre o que sentem, mesmo as mães com os filhos pequenos e vice-versa. A conversa é o primeiro passo para a compreensão e a cura. A partir do momento em que todos assumem uma parte de responsabilidade para com os sentimentos do outro, as coisas começam a ficar mais fáceis.

O que uma mãe precisa para ser mais tranquila em meio ao caos inevitável é apoio, compreensão e colaboração de todos em volta. Família é isso, é entender, perdoar e dar uma nova chance para que todos mudem de comportamento e se ajudem.

Se ainda assim a ansiedade lhe parecer incontrolável, não hesite em buscar ajuda profissional, pois nem sempre as pessoas em casa conseguem se expressar como gostariam, e é preciso ouvir alguém fora do círculo familiar para realmente ajudar.

O fato é que a paz merece reinar em casa, junto com as travessuras, gargalhadas e o aprendizado diário em lidar com os problemas, afinal, eles também fazem parte da vida.

Comece por você. Quando explodir, desculpe-se. Incentive sentimentos bons assim que voltar a ter controle do que sente. Reconheça a ansiedade, a raiva e perdoe a si mesma antes de tudo. Com o hábito da conversa e do perdão, logo todos estarão acostumados a se respeitar e admirar uns aos outros como uma verdadeira família feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

4 cores de roupa que favorecem a pele morena

Roupas de praia para se sentir uma diva