em

TristeTriste

A história que comoveu milhares de pessoas

A história foi divulgada na Internet por Shanna, mãe do Kainoa, que tem cinco anos e é autista.

É difícil imaginar os sentimentos de uma mãe a quem não é permitido sequer abraçar o próprio filho sem o receio de que ele sofra um ataque de pânico.

Para as crianças autistas, é extremamente difícil estabelecer relações com as pessoas que as rodeiam e o mundo também pode parecer caótico, sem regras bem definidas ou significado.

Os cães são treinados para ajudar a acalmar a criança quando sentem um ataque de pânico ou estão agitadas. Também podem tomar conta e avisar os pais quando o filho necessita de ajuda. Alguns estudos concluíram que as crianças autistas se relacionam melhor com animais do que com pessoas. O amor, devoção e a interacção dos animais costumam ajudar pessoas nessas condições a estabelecer um vínculo com o mundo que as rodeia.

O autismo é um distúrbio neurológico caracterizado por comprometer a interação social, comunicação verbal e não-verbal e manifesta-se por um comportamento restrito e repetitivo. Não é  curável com medicamentos.

O autismo também se pode manifestar em crianças como em Kainoa, fazendo com que sintam um desconforto extremo quando são tocadas ou abraçadas.

O distúrbio varia de sintomas médios até tão severos que o doente pode não conseguir se comunicar, e precisar de cuidados permanentes.

Compartilhe essa dica!

Fonte: http://gravidez.online/historia-comoveu-milhares-pessoas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

Caso raro de bebê com cabelo branco

Marido fica “grávido” e aprende lição