em

Glicerina: o que é, quais os tipos e para que serve

Essa substância está presente em mais produtos do que imagina. Saiba mais sobre a glicerina
glicerina
Crédito: Pixabay

Se você já fez ou já leu sobre sabonete artesanal, certamente já ouviu falar em glicerina. Ela é um dos ingredientes utilizados nesse produto e em vários outros, não só cosméticos, mas também alimentícios. Veja a seguir o que é, os tipos que existem, seus benefícios e os cuidados a ter antes de utilizar.

O que é?

A glicerina, que também pode ser chamada de glicerol, é um composto orgânico da classe dos álcoois, com mais de 95% de pureza. Ela é líquida (mas é vendida também sólida), transparente, tem sabor adocicado e é viscosa. Faz parte da composição de todos os tipos de gorduras e óleos vegetais e animais.

É usada para fazer de tudo um pouco, desde produtos cosméticos, dermatológicos, farmacêuticos, alimentícios e até na indústria têxtil e do tabaco ela é muito útil.

Tipos de glicerinas

Sua extração pode acontecer de três formas: animal, vegetal e sintética. Veja a diferença entre elas.

Origem animal

É possível extrai-la diretamente da gordura animal, como por exemplo da banha de porco e sebo de boi. Esse tipo é muito usado em sabonetes com maior poder de limpeza, embora algumas do tipo vegetal tenham potencial superior. A animal ainda é mais usada por conta do custo benefício para a indústria cosmética.

Origem vegetal

Na sua origem vegetal, ela é extraída de substâncias como o óleo de palma, de babaçu, rícino, buriti e o óleo de coco. Esses tipos oferecem ótimo poder de dureza, espumação e limpeza, por isso também são boa opção para usar nos sabonetes, xampus e outros produtos cosméticos.

Origem sintética

O produto sintético é obtido do processamento do propano, que é um subproduto do petróleo. Após um multiprocessamento de propano com outros produtos, obtém-se a versão sintética que é usada especialmente na indústria farmacêutica.

Para que serve e benefícios

glicerina para que serve
Crédito: Freepik

As funções principais são de umectar e espessar. Por conta disso, ela atua como hidratante, lubrificante e emoliente, pois retém moléculas de água ao seu redor. Ela também é usada como anticongelante na produção de alimentos, mas nesse caso você não vai perceber a presença da substância e nem obter seus efeitos hidratantes. Eles ocorrem no uso de produtos cosméticos. Então, veja benefícios relacionados a esse uso.

Benefícios para a pele

A glicerina atrai a água para o seu entorno. Quando é aplicada na pele na forma de produtos cosméticos, ela vai reunir as células fazendo com que fiquem mais próximas. Esse efeito mantém a pele mais protegida, macia, hidratada e melhora a elasticidade com o uso prolongado.

Benefícios para as unhas

Da mesma forma que faz com as células da pele, a substância vai agir nas unhas, melhorando a hidratação e o aspecto saudável. Como ela não é nutritiva, precisa ser aplicada junto a outros produtos que promovam a nutrição das unhas, só assim elas ficarão mais fortes.

Benefícios para o cabelo

O cabelo que recebe produtos com glicerina costuma ser mais hidratado, justamente por a substância cria uma camada protetora nos fios, impedindo a perda de água. Por conta disso, contribui com a redução do frizz e melhora a absorção dos nutrientes nos tratamentos de reconstrução dos fios.

Contraindicações e cuidados a ter

A glicerina nunca deve ser usada pura na pele. Deve estar diluída em água ou misturada em hidratantes e óleos. Do contrário ela vai absorver a água das camadas profundas da pele e provocar o ressecamento e a desidratação, o que seria o efeito oposto ao desejado.

Se for manipular a substância pura, deve ter cuidado de não inalar.

Fora esses cuidados, não há contraindicações. É um produto hipoalergênico e não costuma causar efeitos colaterais, mas caso isso aconteça, o médico deverá ser procurado.

Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
hidratação com creme de leite
Hidratação com creme de leite: será que funciona?
fazer slime com shampoo e sal
Como fazer slime com shampoo e sal