exames bebê
Crédito: Freepik
em

Conheça os 8 exames que o bebê tem que fazer logo quando nasce

Todo recém-nascido precisa fazer alguns testes em sua chegada ao mundo

Mães sempre querem o melhor para seus filhos, então é natural que a mamãe ou o amado papai queiram entender quais são os exames feitos com o seu bebê e para que servem. Por isso, confira abaixo quais são os 8 procedimentos utilizados para verificar a saúde do bebê logo quando ele nasce!

Exames para recém-nascidos: conheça 8 fundamentais

É compreensível que os pais queiram saber cada vez mais sobre os procedimentos médicos que serão feitos com seus filhos. Por isso, confira em detalhes para que servem esses exames realizados assim que o bebê nasce e como eles são realizados.

Teste do pezinho

O teste do pezinho deve ser feito até 48 horas depois de o bebê ter nascido e é gratuito! O exame consiste na retirada de uma pequena quantidade de sangue retirada do pé do recém-nascido, sendo capaz de detectar as seguintes doenças:

  • Fenilcetonúria;
  • Hipotireoidismo congênito;
  • Anemia falciforme;
  • Hiperplasia adrenal congênita;
  • Fibrose cística;
  • Deficiência de biotinidase.

 Teste do pezinho ampliado

Esse exame não possui obrigatoriedade, mas pode ser pedido gratuitamente, sendo eficaz na identificação de diversas doenças. Ele é ideal para verificar se há doenças passadas por hereditariedade ou não no bebê, como:

  • Toxoplasmose;
  • HIV;
  • Herpes congênita;
  • Sífilis.

Teste da orelhinha

Assim como o teste do pezinho, esse é um dos famosos exames obrigatórios que são realizados gratuitamente. O propósito dessa avaliação é saber se o bebê possui problemas de audição ou não, sendo realizado preferencialmente entre 1 dia e 2 dias depois do nascimento. Ele é fundamental para preparar os novos pais a lidar com problemas e até sugerir tratamentos que atenuem ou ofereçam melhoras significativas para o bebê.

Teste do reflexo vermelho

Esse teste é vulgarmente conhecido como teste do olhinho e é oferecido de modo gratuito para quem desejar, sendo realizado – de preferência – até 1 semana depois do nascimento. Ele serve para verificar se o bebê sofre com problemas de visão, como catarata ou glaucoma. Infelizmente, essas são doenças passíveis de atingir até recém-nascidos.

Tipagem sanguínea

Esse é um daqueles exames eficientes, já que se aproveita da amostra de sangue extraída a partir do teste do pezinho. Ele serve para verificar qual é o tipo sanguíneo do bebê: A, B, AB ou O e para verificar se o Rh do sangue é positivo ou negativo.Certamente é fundamental ter essa informação em mãos, para casos de emergência.

Teste do coraçãozinho

Novamente, esse é um dos exames obrigatórios que são realizados de maneira gratuita pelo SUS e possui o seu diagnóstico realizado através do sangue retirado do braço direito e de uma das pernas do bebê.

Ele serve para verificar o nível de oxigênio no sangue, o que facilita a comparação entre os níveis dos dois membros do corpo, para ver se há problemas cardíacos.

Teste do quadril

É um teste que consiste em movimentar as pernas do bebê que acabou de nascer e é oferecido gratuitamente pelo SUS em alguns estados. O objetivo é diagnosticar se o recém-nascido possui algum problema no desenvolvimento do quadril, como a displasia. Se diagnosticadas cedo, algumas doenças podem ter seu quadro amenizado.

Teste da linguinha

Obrigatórios para recém-nascidos, é realizado por um fonoaudiólogo. Esse teste serve para verificar se o bebê possui anquiloglossia ou não, condição que prejudica a amamentação, a deglutição, mastigação e fala. Deve ser realizado também no primeiro mês.

Incensos podem ajudar os alunos na hora do estudo

Incensos podem ajudar os alunos na hora do estudo?

encomendas China coronavírus

Encomendas da China podem ter coronavírus?