em

Ela vive nos EUA há 5 anos e ainda não se acostumou com essas coisas

Saiba quais costumes ainda impressionam essa russa que mora nos Estados Unidos há anos
ela vive nos eua há 5 anos e ainda não se acostumou com essas coisas
Crédito: Instagram/Karina_Kudinova

A russa Karina Kudinova está nos Estados Unidos por meia década e continua se impressionando. Natural de São Petesburgo, na Rússia, ela foi viver fora do seu país, pois seu marido foi transferido para a cidade de Seattle.

12 Coisas estranhas que os americanos fazem

Karina disse que é muito bom conhecer novas culturas, novas formas de ver as coisas e que ama viver nos EUA, mas alguns costumes ainda são estranhos para ela. Veja quais são as coisas normais para o americano, que são realmente estranhas para quem vem de fora.

1. Acordar às 5h para trabalhar

Esse é um costume de muitas pessoas. Assim, começam a trabalhar às 6h para estarem livres às 14h! Imagine quanta coisa dá para fazer depois desse horário? Até que não é má ideia, não é mesmo?

Karina se perguntava o porquê das pessoas fazerem isso e uma vez uma americana disse a ela que não fazia ideia, mas era um costume.

2. Pés em mesas e cadeiras

ela vive nos eua há 5 anos e ainda não se acostumou com essas coisas pés nas mesas
Crédito: Karina Kudinova

Não que esse não seja um costume em outros lugares, quando se está em casa, mas Karina diz que nos Estados Unidos é bastante comum até mesmo em restaurantes ou até no cinema!

Certa vez, ela estava no refeitório da escola de arte onde trabalha e, na mesa redonda onde se sentam, já havia dois professores com os pés sobre as mesas. Ela ficou chocada, pois é o lugar onde se come.

3. Cumprimentar com firmeza

Uma coisa que Karina reparou é na firmeza do aperto de mão do estadunidense. De início ela se perguntava o porquê de todo mundo apertar tanto sua mão, mas depois entendeu.

Sempre que ela ia a uma reunião ou algo importante, seus amigos lhe recomendavam dar um aperto de mão firme, pois isso é sinal de autoconfiança e confiabilidade.

4. Pisar em casa com os sapatos

Os estadunidenses não têm o hábito de tirar os sapatos ao entrar em casa, transitando com os mesmos calçados tanto em casa quanto na rua.

Isso acontece na sua casa e também quando são visita. Karina relata que era engraçado quando se sugere tirar os sapatos e deixar na porta.

5. Roupas inadequadas ao clima

Outro ponto estranho para Karina foi o costume de se vestir shorts no inverno e casacos no verão. Há quem resolva simplesmente ignorar o clima e pensar na estética, sendo isso absolutamente normal nos EUA.

De acordo com as palavras dela: “você pode estar andando de chinelo e bermuda quando a temperatura está abaixo de zero e ninguém dá uma segunda olhada”.

6. Falar coisas inapropriadas

Tudo bem, entre amigos, você fazer piadinhas sobre gases ou até mesmo coisas mais nojentas, porém, por lá, o que é tido como natural não é feio.

Para Karina, o estadunidense tem o costume de falar do que está acontecendo com seu corpo, independente da ocasião ou de quem está próximo.

7. Chuveiro na parede

Além de ser baixo e exigir certa habilidade para se banhar, o chuveiro nos EUA não tem mangueirinha, sendo totalmente fixo.

Para ela, que era acostumada com uma ducha solta na parede, que permitia inclusive lavar a banheira depois de usar, é algo realmente estranho.

8. Camas altas demais

ela vive nos eua há 5 anos e ainda não se acostumou com essas coisas cama alta demais
Crédito: Bright Side

As camas por lá são extremamente altas, seja nas casas ou nos hotéis, gerando certa estranheza para quem não está acostumado.

Funciona como uma cama box mais larga e alta, com um colchão por cima, que tem que fazer jus à base, deixando a mesma realmente desafiadora para pessoas com menor estatura.

9. Beber água de torneira

Aquelas cenas que se vê em filmes, de pessoas bebendo água da torneira, são realmente corriqueiras por lá e Karina levou um tempo para se acostumar.

Porém, ela confessou que até hoje compra sua água mineral, pois 50 garrafas custam apenas US$ 5. Ela diz que é mais confortável e seguro.

10. Carpetes por toda a casa

Ter tapetes pela casa é absolutamente normal e deixa a mesma mais aconchegante e bonita. Porém o estadunidense é simplesmente apaixonado por carpetes, cobrindo a casa de ponta a ponta.

Karina disse que é raro encontrar casas sem carpetes que vão de um rodapé ao outro, estando inclusive nas escadas. E isso não acontece por economia, pois até casas de mais de US$ 1 milhão são completamente acarpetadas.

11. Comprar com desconto

Os estadunidenses amam um desconto, mas quem não? O grande diferencial é a forma e intensidade com que lidam com isso. São milhares de cupons de desconto, programas de bônus, cartões de crédito de lojas com vantagens.

Isso sem contar com os descontos de feriados, como a Black Friday, que costuma reunir centenas de pessoas se espremendo em lojas, com o intuito de economizar um pouco mais.

12. Fazer devoluções

Realmente, lá os clientes têm sempre razão! Se você comprou um produto e veio com defeito, troca na hora, sem enrolação. Mais do que justo, certo?

Porém, se você abriu um pacote de biscoito e não gostou do sabor, pode devolver também! O mesmo vale para qualquer compra realizada. Se comprou e não gostou, pode devolver facilmente, sem burocracia.

Fonte: Bright Side

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
vitaminas e suplementos
Quais vitaminas e suplementos você não deve comprar
como evitar que o espelho do banheiro embace
Como evitar que o espelho do banheiro embace