efeitos colaterais da equinácea
Crédito: Pxhere
em

5 Efeitos colaterais da equinácea

Mesmo quando utilizar medicamentos naturais, deve tomar muito cuidado com a dosagem e com sua condição de saúde

A planta medicinal chamada equinácea é comumente utilizada no tratamento de resfriado e gripe, também é benéfica para tratar infecções, feridas, oferece efeito antioxidante, é estimulante do sistema imunológico e contribui na redução dos sintomas da ansiedade, além de outros benefícios. Sua forma mais usada é o chá de equinácea. Porém, o consumo deve ser feito com cautela e na dose correta. Conheça quais são os efeitos colaterais da equinácea.

Quais são os efeitos

Para fins medicinais podem ser usadas as espécies Echinacea angustifolia, Echinacea pallida e Echinacea purpurea. Essa planta é nativa da América do Norte e, embora tenha poderosas propriedades no tratamento de diversos problemas de saúde, deve prestar atenção aos efeitos colaterais para saber a hora de procurar um médico e suspender o uso do chá.

1. Danos ao fígado

Esse efeito colateral é para as pessoas que têm problemas de fígado, que fizeram transplante do órgão ou que fazem uso de esteroides anabolizantes, amiodarona e metotrexato. Não devem usar a planta por um período contínuo superior a 8 semanas, pois em excesso ela aumenta as funções das enzimas hepáticas, podendo resultar em danos do órgão. Só deve usar a planta com recomendação do médico.

2. Doenças do sangue

Em determinados casos, em especial para quem já possui predisposição a doenças sanguíneas e autoimunes, o consumo excessivo da equinácea pode ocasionar a vários coágulos de sangue nos vasos sanguíneos, devido à redução de plaquetas e leucócitos. Com a corrente sanguínea afetada, muitas partes do corpo podem sofrer as consequências, já que não irão receber a quantidade adequada de oxigênio e nutrientes.

3. Problemas autoimunes

Para prevenir que o excesso de chá de equinácea estimule o surgimento de doenças autoimunes em quem já tem essa predisposição, a planta só deve ser consumida com orientação médica.

4. Problemas estomacais

Esse é um dos efeitos colaterais mais comuns não só da equinácea, mas de qualquer planta e alimento que se ingere em excesso. Pode sentir dor de estômago, náuseas, ter vômito, flatulência, diarreia e arrotos excessivos.

5. Reações alérgicas

Se você já tem sensibilidade a plantas como margarida, mal-me-quer e ambrosia, o excesso de equinácea pode causar o mesmo efeito de reações alérgicas, como erupções na pele, inchaço, coceira e vermelhidão.

Para saber qual é a dosagem recomendada em cada caso, o médico deve ser consultado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

soro fisiológico

Soro fisiológico: para que serve?

como fazer recheio de chocolate

Como fazer recheio de chocolate para todos os gostos