em

Entenda como dormir mal prejudica a saúde

Má qualidade do sono pode aumentar problemas como diabetes e obesidade

Você costuma dormir bem?

Sabia que a falta de sono (ou noites mal dormidas) está associada ao aumento do risco de diabetes, problemas nos vasos sanguíneos e válvulas cardíacas, obesidade e até depressão?

O risco aumenta para mulheres com mais de 40 anos. De acordo com um estudo feito nos Estados Unidos, mais de 35% das mulheres com idades entre 40 a 59 anos, dormem menos de 7 horas durante a noite. Cerca de 20% apresentam dificuldades em dormir, numa situação que se repete por 4 ou mais noites durante a semana.

Quantas horas devemos dormir

O ideal, segundo estudos, é que mulheres com mais de 40 anos estivessem dormindo de sete a nove horas por noite. O problema não é apenas o tempo do sono, mas também sua qualidade. Quase 50% delas acordam já se sentindo cansadas.

Claro que a qualidade do sono não é um problema exclusivo das mulheres desta idade. Milhões de pessoas em todo o mundo, apresentam algum grau de insatisfação com relação à qualidade do sono.

Isso pode acontecer devido a fatores como dificuldades de respirar, transtorno de ansiedade, obesidade, estresse, uso de notebooks e celulares antes de dormir ou até mesmo pelo tipo de alimento consumido durante o jantar ou de cafeína antes de se deitar.

No caso de mulheres com mais de 40 anos, outros fatores são acrescentados, como as mudanças hormonais provocadas pela menopausa.

Como a noite mal dormida prejudica a saúde

Estudiosos ainda não conseguiram descobrir como as noites insones podem influenciar nossa saúde a longo prazo, mas já se sabe que ela está associada ao aumento do risco de doenças cardiovasculares e diabetes, além de afetar o humor e diminuir a capacidade de concentração.

Já a obesidade é um dos problemas diretamente relacionados com a insônia e reflete a qualidade de nosso sono. Isso acontece devido a alterações no nosso metabolismo, o que reduz os níveis leptina (o hormônio responsável pela sensação da saciedade) e aumenta a sensação de fome.

O cansaço logo ao acordar também faz com que as pessoas tenham mais “preguiça” de praticar exercícios.

Como ter uma boa noite de sono

Os especialistas sugerem que, para uma boa noite de sono, o ideal é que o descanso aconteça em um local com uma boa circulação de ar e suficientemente arejado. Evitar o cigarro e o consumo de álcool antes do horário de ir para a cama também pode ajudar. Além, é claro, de jamais consumir café ou qualquer produto com cafeína antes de dormir.

A dica é: se você não adormecer 20 minutos depois de ter deitado, tente sair da cama e fazer algo relaxante antes de voltar a tentar dormir. E, aqui, relaxar significa desligar TV, celular e quaisquer outros aparelhos eletrônicos. Abra as janelas, olhe para o céu, tome um banho quente, um chá ou simplesmente, esqueça as horas e as coisas que tem para fazer no dia seguinte e relaxe!

Fonte: BBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Estudo revela que poeira doméstica pode estar relacionada ao crescimento de células de gordura

Benefícios da semente de abacate