em

AmeiAmei HahahaHahaha FofoFofo Meu Deus!Meu Deus! EstranhoEstranho TristeTriste

Dor nos rins: como saber onde dói e o que fazer para tratar

Há quem diga que sentir cólica renal é pior do que dor do parto. O que fazer para evitar tanta dor? Veja a seguir

dor nos rins
Crédito: Freepik

Só quem já teve ou ainda tem pedra nos rins sabe a intensidade da dor e a vontade de sumir quando ela aparece. Sentir dor nos rins é algo muito desconfortável e as causas são variadas. As pedras são apenas um dos motivos. Fique atento ao que pode ser, quais os outros sintomas que surgem e o que fazer para tratar.

Veja também: como proteger seu corpo do cálculo renal

Sintomas

A dor nos rins se manifesta na parte inferior das costas, perto da lombar, que é mais próximo de onde os rins estão localizados. Essa dor é bem forte e aguda, ocorrendo em um dos lados da região lombar. É preciso estar atento ao tipo de dor e ao local exato, pois pode ser confundido com alguma doença na coluna.

De forma mais específica, a dor é como uma cólica intensa, que pode ficar mais forte ou mais leve de um momento para o outro. Ela pode descer para a parte da frente da barriga chegando até na pelve e virilha.

Junto com a dor é comum sentir náuseas, ter vômito e perceber alterações na urina, já que os rins são responsáveis por filtrar nutrientes e eliminar através da urina o que não pode ser aproveitado pelo corpo.

O que fazer?

Logo na primeira crise a pessoa já vai querer ir ao médico para evitar sentir uma dor tão forte outra vez. Pode ir ao clínico geral, mas se desconfiar de problema renal e quiser ir direto ao especialista, a consulta deve ser agendada com um nefrologista.

Na dúvida se é mesmo doença renal, o médico dará leves pancadinhas com o punho na região lombar. Se a pessoa sentir dor, é bem provável que a causa seja dos rins. Então o médico irá pedir exames para saber qual tipo de doença renal está causando a dor. Afinal, pode ser um caso de insuficiência renal, infecção, cisto ou até câncer.

Remédios

Antes de pensar em remédios é necessário ir ao médico, pois até mesmo tomar água no momento de uma crise renal pode agravar o quadro.

De modo geral, para aliviar a dor o médico poderá recomendar analgésicos como Paracetamol, anti-inflamatórios como Aspirina e Ibuprofeno ou antiespasmódicos como Buscopan.

Se for o caso de uma infecção será necessário descobrir se foi causada por bactérias para que o tratamento inclua antibióticos.

Chás para dor nos rins

remedios para dor nos rins
Crédito: Freepik

Depois de ir ao médico e saber a causa, fale com ele sobre a possibilidade de tomar chás que tenham as propriedades dos remédios analgésicos, anti-inflamatórios e antiespasmódicos. Fale sobre quantas xícaras poderá tomar ao dia e em quais momentos.

Boldo e camomila

O chá por si só é um bom remédio natural por ser diurético, ajudando a eliminar a urina e, se for o caso, possíveis pedrinhas ainda em tamanho de areia. O boldo e a camomila vão atuar com suas propriedades anti-inflamatórias e calmantes.

Misture 1 colher de sopa de folha de boldo com 1 colher de sopa de camomila em 1 litro de água bem quente, que acabou de ferver. Deixe essa mistura descansando por 5 minutos, depois coe e vá tomando ao longo do dia.

Salsa e alecrim

Por ser muito diurética, a salsa é uma boa aliada no alívio da dor. Você pode fazer um chá de salsa para os rins e misturar um pouco de alecrim para acelerar a desintoxicação dos órgãos.

Misture 1 colher de sopa de salsa lava e 1 colher de sopa de raminhos frescos de alecrim em 1 litro de água acabada de ferver, ainda bem quente. Deixe em infusão por 5 minutos, depois coe e beba ao longo do dia, sem adoçar.

Chá de quebra-pedra

Como o próprio nome indica, esse chá é recomendado para eliminar as pedras nos rins que são a principal causa da dor. Mas tudo vai depender do tamanho das pedras, por isso que é importante ir ao médico primeiro e conhecer a real situação dos rins.

Para fazer o chá misture 1 colher de sopa de folhas de quebra-pedra em 1 litro de água acabada de ferver. Deixe em repouso por 5 minutos, depois coe e beba em 4 xícaras ao longo do dia.

As dicas desse artigo não substituem a consulta ao médico. Cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. Para ter melhores resultados deve ser adepto de um estilo de vida saudável, com alimentação equilibrada e prática diária de atividades físicas.

4 Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

dor nos ossos

Dor nos ossos: conheça as principais causas e tratamentos

sopa de beterraba

7 Receitas de sopa de beterraba saudáveis e deliciosas