Dor na região do útero
Crédito: Freepik
em

Dor na região do útero: o que pode ser?

Ao perceber qualquer sintoma, marque uma consulta com seu ginecologista

Publicidade

A dor no útero é mais difícil de identificar do que uma dor de estômago, por exemplo. Então, é bom conhecer quais são os sintomas que podem acompanhar essa dor, e saber algumas das possíveis causas para ir ao ginecologista fazer exames. Apenas o médico poderá dar o diagnóstico e o melhor tratamento.

Sintomas de alterações no útero

A dor no útero pode surgir na forma de pontadas ou dor constante mesmo. Quando existe alguma alteração no útero, a tendência é que surjam outro sintomas, como:

Dor e sensação de pressão na barriga

A dor e a sensação de pressão são sentidas na região abaixo do umbigo até na pélvis, que fica lá embaixo, antes da vagina.

Dor na relação sexual

Não é normal sentir dor na hora do sexo, mais especificamente na hora da penetração. Se começou a sentir um desconforto e não tem a ver com o período menstrual, é um sinal de alerta.

Publicidade

Barriga inchada

Também pode acontecer de perceber um aumento no volume da barriga, que pode surgir associado de dor nas costas, mais na lombar.

Cólicas e sangramento

Se perceber cólicas e algum sangramento fora do período menstrual, ou mesmo a ausência da menstruação quando deveria vir normal, é mais um sinal de alerta.

Corrimento constante

O corrimento é diferente do muco cervical que toda mulher expele pela vagina todos os dias, sem cheiro e meio esbranquiçado. O corrimento, quando é sintoma de alguma doença, surge em uma cor diferente e pode ter cheiro desagradável.

Publicidade

Vontade de fazer xixi o tempo todo

Esse é um sintoma de diferentes problemas relacionados à bexiga. Mas, também pode ocorrer quando existe um aumento do útero e ele começa a pressionar a bexiga.

Vermelhidão, coceira e inchaço na vagina

Se perceber que a sua vagina está irritada, com uma cor vermelha, um pouco inchada e coçando muito, precisa ir ao médico.

Dor na região do útero: o que pode ser?

Agora que já conhece os sintomas, veja quais doenças eles podem identificar. Mas, lembre-se que os sintomas podem não surgir todos ao mesmo tempo.

Publicidade
  • Mioma: alterações celulares benignas no útero, que fazem o útero crescer
  • Cervicite: inflamação do colo do útero provocada por micro-organismos
  • Adenomiose: doença caracterizada pela presença de glândulas e tecido endometrial que aumenta o tamanho do útero
  • Pólipo: crescimento excessivo de células na parede interna do útero, formando “bolinhas” semelhantes a cistos
  • Câncer no colo do útero: é causado pela infeção causada pelo vírus HPV

Não pense que está com uma dessas doenças só porque percebeu algum sintoma. Agende uma consulta com seu ginecologista para falar o que está sentindo e fazer exames. Nunca se automedique, ou poderá piorar uma condição que ainda está fácil de ser resolvida.

Veja também: Causas, sintomas e tratamentos da endometriose

Aprenda a fazer desumidificador caseiro: 3 Ideias muito fáceis

Como ondular e dar volume ao cabelo curtinho