em

Descubra qual é a doença mais dolorosa que você pode ter

A fibromialgia precisa de tratamento individualizado.

Publicidade

Você já ouviu falar da fibromialgia? Essa é uma doença extremamente dolorosa e é considerada a doença mais frequente pelos médicos que trabalham com reumatologia. Cerca de 8% da população mundial sofre com as dores da fibromialgia.

Essa doença não tem uma idade específica para se desenvolver e a principal queixa relatada pelos pacientes é a dor generalizada em todo o corpo. O cansaço, falta de memória e insônia também são sintomas dessa doença que não apresenta sintomas físico visíveis como inchaços ou vermelhidões.

Definição de fibromialgia

Ela pode ser considerada uma doença crônica, que ocorre com frequência e que causa muita dor. De acordo com os médicos, a maioria dos pacientes assumem que sentiram diferentes dores por toda a vida, como dor de cabeça forte, dor nas costas, desconfortos durante a menstruação ou ovulação, dor na mandíbula, dores gastrointestinais, etc.

Isso significa que uma dor comum, para uma pessoa que não sofre de fibromialgia, pode ser fácil de tratar, o que não acontece com um paciente da doença. Essas dores se tornam insuportáveis e de difícil tratamento. As vezes até mesmo um toque leve ou uma pressão a mais no corpo pode ser uma dor constante para esses pacientes.

Publicidade

Tratamento

Sem um tratamento especializado, as pessoas que sofrem com a fibromialgia jamais veriam solução para seus problemas. Não se trata apenas de vontade de fazer um tratamento: as pessoas que estão ao redor de um paciente com fibromialgia precisam entender a situação e auxiliar no tratamento da doença.

Atualmente já existem pesquisas relacionadas às reações cerebrais dos pacientes que demonstram quais partes do cérebro trabalham de maneira diferente durante os picos de dor. Sabe-se, hoje, que as dores são causadas geneticamente (por variações de genes) e ambientalmente, se manifestando de maneira diferente em cada pessoa.

Publicidade

Infecções, traumas, estresses podem amplificar os sintomas da fibromialgia como também a falta de atividades físicas e a insônia. Apesar de os médicos garantirem tratamentos individualizados, de acordo com cada caso, eles afirmam que as atividades físicas são de extrema importância para o mantimento da saúde corporal.

Conhecendo a doença melhor

Além de fazer tratamentos individualizados constantemente, os pacientes precisam conhecer e se adaptar ao mundo de quem sofre de fibromialgia. Paciente e médicos, juntos, precisam descobrir causas da dor e maneiras de aliviá-las rapidamente com exercícios ou tratamentos com medicamentos.

É por isso que essa doença, além de ser considerada crônica é diagnosticada como um conjunto de sintomas que ocasionam a amplificação da dor nos pacientes. No dia 12 de maio é comemorado o Dia Mundial da Fibromialgia e tem como objetivo chamar a atenção de toda a população global para esta doença que vem afetando grande parte das pessoas.

Publicidade

Você sofre ou conhece alguém que sofra de fibromialgia? Então conte-nos sua experiência através dos comentários e lembre-se de compartilhar essas informações com suas amigas.

Descubra como a sálvia pode curar paralisias faciais

Emagreça tomando esses deliciosos shakes