em

Dependência emocional: sintomas e como superar

Conheça os padrões de comportamento que definem a dependência emocional e livre-se deles
dependência emocional
Crédito: Pixabay

A dependência emocional é mais comum do que se pensa, podendo variar entre os níveis leve e alto. Essa é uma condição emocional de uma pessoa, que afeta o modo como que ela se relaciona. Isso faz com que a pessoa necessite constantemente da aprovação, validação e a presença do parceiro para ser feliz. O que acaba afetando a individualidade da pessoa.

Sintomas de dependência emocional

dependencia emocional comportamento
Crédito: Pixabay

Os sintomas são muitos, mas eles estão mais centrados em três pilares: insegurança, ciúmes e não ser a própria prioridade. São os padrões de comportamento que definem se você é ou não dependente e é importante sabê-los para ver se você sofre deste problema.

1. Insegurança

A insegurança é o catalisador dessa dependência, mas muitas pessoas não a percebem. Por causa dela, você não consegue se sentir bem sozinho, tomar decisões sem consultar o parceiro, dizer “não” por medo de ser rejeitado e a sua autoestima depende totalmente do seu parceiro, pois os elogios e a validação dele são as únicas que importam.

As exigências que você põe em cima do seu parceiro também é uma insegurança, principalmente se as expectativas não são alcançadas, fazendo-o sentir desprezado e jogado para escanteio.

2. Ciúmes

O ciúme excessivo é outro comum sinal de que há algo errado, sendo uma consequência da insegurança. Então se você tem o hábito de ser muito controlador e possessivo com o seu parceiro  e exige que ele te dê atenção exclusiva, é um sinal vermelho.

Assim como ficar ansioso e ter pensamentos negativos quando o seu parceiro demora para responder ou vai sair com outras pessoas.

3. Se colocar em segundo plano

Um dos piores sintomas e também consequências da dependência emocional é se colocar em segundo plano constantemente e viver a vida apenas para o parceiro, pois acredita que só é feliz junto dele.

Então se você deixa de fazer as suas coisas para fazer as do seu parceiro, tende a dividir todos os seus méritos com ele, mudou as suas preferências e personalidade para sustentar o relacionamento, essa relação já não é mais saudável. Outra coisa que dependentes emocionais costumam fazer é afastar amigos e familiares, priorizando sempre o parceiro.

Como superar

Para conseguir superar esse problema, o primeiro passo é ter consciência de que você sofre com ele. Feito isso, algumas pequenas coisas que você faz vai trilhá-lo no caminho do amor-próprio. O autorreconhecimento e a valorização pessoal são extremamente importantes, para você conseguir visualizar isso, faça uma lista sincera somente com as suas virtudes e habilidades. E a cada conquista sua, comemore.

A individualidade e a autoconfiança também são de extrema importância para superar a dependência emocional. Para trabalhar a individualidade, faça uma lista de tudo que gostaria de fazer sozinho, mas nunca faz. Comece pelos mais simples como ir ao cinema ou no parque. Faça os itens da lista assim que for possível e aproveite a sua companhia.

Porém se você sente que é muito dependente e não consegue realizar nada sozinho, procure a ajuda de um profissional. Um terapeuta irá ajudá-lo no processo de independência, orientando da melhor forma.

Quer entender mais sobre esse problema? Assista ao vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
cores do feng shui
Significados e como aplicar as cores do Feng Shui em casa
ex-aeromoca revela o pior que ela viu a bordo
Ex-aeromoça revela o pior que já viu a bordo